terça-feira, 20 de outubro de 2020

Salto de Pirapora - Justiça Eleitoral enxerga situação legal para Márcio da Farmácia concorrer ao cargo de prefeito

 


    A JUSTIÇA ELEITORAL julgou improcedente o pedido de impugnação formulado pelo ministério público em Salto de Pirapora. 

    A justiça entendeu que a data de filiação de Márcio da Farmácia em 03 de abril deste ano, não prova que o candidato tentou burlar o processo eleitoral. Também não foi arrolado testemunha para confirmar suspeita que a data de filiação não é verdadeira.

    Outro ponto para decisão é que a inclusão de Mácio da Farmácia no cadastro de filiados do PTB ocorreu em 25 de abril deste ano, sendo a data limite para cadastramento 15 de abril. 

    O Partido pelo qual Márcio milita, requereu autorização judicial para o Diretório Municipal em Salto de Pirapora realizar a inclusão da filiação de Márcio da Farmácia na relação oficial do partido e inserir no cadastro de filiados  nº processo 0600004-49.2020.6.26.0294; a justiça autorizou o pedido do PTB em 08 de junho deste ano.

    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato!  

Nenhum comentário:

Postar um comentário