terça-feira, 12 de janeiro de 2021

Pilar do Sul - Mais relatos de estupros atribuídos ao policial aposentado Jair Silva

 


    APÓS A PUBLICAÇÃO a respeito de supostos abusos sexuais atribuídos ao policial militar aposentado Jair Pereira da Silva (na foto), o site Sorocaba Notícia recebeu mais informações delatando supostas condutas semelhantes.

    As duas vitimas dos abusos citadas na reportagem anterior são: uma menina cunhada do filho de Jair, que sofreu os abusos, atualmente ela é jovem, a outra vítima também abusada desde a faixa etária infantil é a própria filha de Jair, também atualmente jovem. Os crimes ocorreram na casa dele. 

    Os relatos são constrangedores e repugnantes e portanto não são possíveis citá-los neste texto. Aos finais de semana Jair costumava ir até a residência da cunhada do filho num bairro rural de Pilar do Sul para jogar partidas de baralho e almoçar com os familiares da vítima. 

    Os casos foram denunciados em 15 de novembro de 2020. Por causa do registro na Delegacia, Jair saiu de Pilar do Sul, depois a esposa dele também saiu da cidade e foram para casa de parentes da esposa dele em Minas Gerais. Nos últimos dias  Jair retornou para sua residência no Bairro Buracanã, em Pilar do Sul, lá ele permanece morando juntamente com sua espoa e um filho dele especial. 

            Outro caso em Brasilândia-SP     

    Em 1985, Jair morava em Brasilândia-SP. Certa vez ele conversou com sua família que precisava mudar de casa às pressas porque o aluguel do imóvel aumentou tornando difícil o pagamento. Ele e sua família saíram do imóvel. A versão fora mentirosa, fato é que Jair teria estuprado uma adolescente que residia no Bairro Brasilândia. A bomba estourou e os criminosos do bairro prometeram-lhe represália. 

    Anos depois, Jair saiu de São Paulo para morar em Pilar do Sul, e adquiriu um bar no Bairro Nova Pilar, ele trabalhava com sua esposa (atualmente falecida). Certa vez um cliente do bar que morava em São Paulo e estava trabalhando em Pilar do Sul disse que reconheceu Jair. "Esse indivíduo aqui, o mundo é pequeno" disse o cliente. A empregada do bar perguntou-lhe de onde o cliente conhecia Jair. O cliente afirmou que Jair era policial militar morador do Bairro Brasilândia-SP e mudou do bairro para não morrer, porque havia estuprado e engravidado uma adolescente. 

                Jair tentou estuprar sobrinha dele

    O policial aposentado Jair tem um irmão unilateral (irmão por parte de pai), um dia Jair ofereceu carona a filha do irmão para levá-la ao colégio, a família e a adolescente concordaram. Em certo local durante o trajeto Jair teria tentado estuprar a sobrinha. Ela reagiu e ao chegar em sua residência ela delatou o fato aos familiares. O pai da adolescente prometeu assassinar Jair, contudo não cumpriu a ameaça porque uma irmã deles afirmou que Jair tinha um filho especial por isso ela implorou ao irmão não matar Jair. O pai da adolescente atendeu o pedido.

    Tenente Jair como é conhecido em Pilar do Sul, esteve comandando a Guarda Mirim de Pilar do Sul, no final dos anos 90, naquela época existiu comentários que ele teria abusado de adolescente que trabalhava em caráter aprendiz naquela entidade, mas o caso não passou de comentário. Se existiu tal conduta a vítima ou vitimas podem procurar a Delegacia de Pilar do Sul e relatar os fatos ao delegado da cidade. 

    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato!

               

Nenhum comentário:

Postar um comentário