sábado, 20 de março de 2021

Tapiraí - Policiais militares e um homem são suspeitos de invadirem residência, matar morador e sumirem com o corpo

 


    NO FINAL DA MADRUGADA DE 06 DE JULHO DE 2020, um homem chegou na casa dele em Tapiraí onde morava com seu amigo Afonso Domingo da Silva, e visualizou bagunça de objetos e ausência do seu amigo Afonso e um cão. 

    O homem chamou os familiares do amigo Afonso e também acionou a Polícia Militar. Os familiares de Afonso foram ao local e lá também compareceram os policiais militares Rodrigo Vieira Medeiros e Ruan Roma. Vasculhando o interior da casa, os familiares encontraram capsulas de pistola calibre .40 e entregaram às capsulas aos dois policiais militares. Em vez de entregarem ao superior hierárquico as cápsulas de pistola .40, os policiais militares entregaram cápsulas de pistola calibre 380.  

    Naquele turno (06/07), uma viatura da PM havia capotado; os policiais Medeiros e Roma estavam na viatura no momento do acidente. No corró da viatura havia sangue e em outro compartimento estava a coleira de um cachorro, que fora reconhecida como a coleira do cão que estava desaparecido juntamente com Afonso, o seu dono. 

    A partir desses indícios intensificou-se suspeitas que os policiais militares seriam os responsáveis pelo desaparecimento de Afonso e do seu animal. Os delegados Irani Barros e  Milton Andreoli pediram análise de balística e análise do sangue que havia no corró da viatura. O resultado é compatível com o DNA de Afonso. 

    A investigação dos dois delegados visualizando câmeras de locais públicos mostra na data dos fatos um homem por nome de Paulo Henrique de Araújo Carvalho, apelidado por Dumbo, entrando na viatura da Polícia Militar. 

    Para a polícia, isso teria acontecido antes dos policiais irem para a casa de Afonso. Dumbo seria amigo dos policiais. A investigação também aponta que antes de irem à casa de Afonso os policiais deixaram o tablet da PM no imóvel do Dumbo. 

    O corpo de Afonso e do seu animal de estimação não foram localizados. Afonso era apontado em Tapiraí como encrenqueiro e briguento. Familiares dele disseram que Dumbo era desafeto de Afonso.


    Quem comete crime está sujeito a pão de angústia e água de amargura!    


     

    

Nenhum comentário:

Postar um comentário