sexta-feira, 30 de abril de 2021

Sorocaba - Morador do Vitória Régia 2 está desaparecido após tentativa de abordagem por guardas municipais

 


    O CIDADÃO André de Jesus Senna de 27 anos (foto), é morador do Bairro Vitória Régia 2, ele trabalha efetuando carreto com um utilitário Pampa. 

    Uma moradora daquele bairro falou ao Sorocaba Notícia, que no início da madrugada de quarta-feira, 28/04, André estava pela Rua Aparecida Levy, no Vitória Régia, de repente apareceu uma viatura da ROMU de Sorocaba. 

    Os guardas desceram para realizarem abordagem, André correu em direção uma mata, a guarnição teria efetuado dois disparos em direção ao André. Nisso, os moradores entraram para suas residências. 

    Minutos depois a viatura da Guarda efetuou manobra de marcha ré e se retirou do bairro. André não apareceu. No dia seguinte familiares procuraram a polícia para saber se André estaria preso. Não houve reclusão.

    Familiares foram ao Instituto Médico Legal de Sorocaba e não encontraram corpo de André. Alguém da família de André registrou desaparecimento dele com o relato dos fatos. 

    Amigos e familiares de André entraram na mata para procurá-lo, mas não o encontraram. Revoltados, moradores e familiares comentam sobre os fatos. Alguém do bairro informou os fatos ao prefeito de Sorocaba, Rodrigo Manga. 

    Na sexta-feira, 30/04, uma equipe náutica do Corpo de Bombeiros iniciou buscas no rio Sorocaba, concluiu as buscas até 16H45 e não encontrou o corpo. 

    No início da tarde, o prefeito Rodrigo Manga esteve no bairro e discursou aos moradores prometendo sindicância na Guarda Municipal para apurar a atuação dos guardas.

    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato!


Ibiúna - Homem é ferido pela esposa durante briga no interior do lar, o SAMU o socorreu, mas ele faleceu no hospital

 


    GUARDAS CIVIS MUNICIPAIS FORAM atender ocorrência de suposta lesão corporal no início da madrugada de sexta-feira, 30/04, numa residência situada na Rua Dois, Vila Laval, em Ibiúna. 

    No local dos fatos, a guarnição encontrou Denilsa Rodrigues de 31 anos, afirmando que em suposta legítima defesa, ela desferiu dois golpes de faca em seu marido Anderson de Oliveira Silva, 33 anos, e solicitou atendimento pelo Serviço Móvel de Urgência, que levou seu marido ao hospital municipal de Ibiúna. 

    A guarnição  entrou na casa e apreendeu a faca utilizada no crime, que estava sobre o tanquinho de larvar roupas, e deteve Denilsa. Os guardas foram ao hospital e souberam que Anderson havia falecido em decorrência dos golpes. 

    Na Delegacia da cidade, Denilsa relatou ao delegado Dailton Luiz Braga de Morais, que ela (Denilsa) estava em sua residência com seus três filhos, seu esposo Anderson chegou visivelmente desequilibrado emocionalmente e sem motivo aparente, ele lhe ofendeu, em seguida tentou esganá-la. 

    Uma filha de 12 anos do casal interveio em defesa da mãe e conseguiu evitar que seu pai continuasse agredindo-a. Depois da intervenção da filha, Anderson empunhou uma faca de cozinha e feriu o braço de Denilsa. 

    Denilsa acrescentou que retirou a faca da mão dele e desferiu dois golpes: um no tórax e outro nas costas. Ela disse ainda que durante 12 anos que moravam juntos Anderson costumava agredi-la. Ao ouvir a versão de Denilsa, o delegado entendeu que a versão dela é de suposta legítima defesa, todavia, naquele momento (flagrante) não havia indício que pudesse corroborar com a versão de legítima defesa. 

    Nesse entendimento, o delegado prendeu Denilsa em flagrante fundamentado no artigo 121 Código .Penal (homicídio simples). Após o termino do flagrante Denilsa foi encaminhada para audiência de custódia. O casal tem 5 filhos, três estavam no interior da residência quando a briga aconteceu. A menina de 12 anos e outros dois de menos idade. A menina de 12 anos não foi levada para ser ouvida na Delegacia como testemunha porque ela apresentava abalo emocional.

    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato! 

Vendedor caiu em golpe porque não seguiu passo-a-passo da plataforma de vendas, afirma justiça

 


    A 30ª CÂMARA DE DIREITO PRIVADO do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve, na última quinta-feira (22), sentença da juíza Ana Paula Franchito Cypriano, da 6ª Vara Cível de Ribeirão Preto, que determinou culpa exclusiva de consumidor que, por descuido excessivo, teria caído em golpe durante venda on-line, havendo ausência de responsabilidade da plataforma de vendas.

De acordo com os autos, o autor da ação criou anúncio para a venda de produto numa plataforma na internet. No entanto, ao contrário do que recomendam os termos condições e uso do site, passou a negociar com um suposto interessado – que na verdade era um estelionatário – em ambiente virtual diverso daquele utilizado para o anúncio. Após receber e-mail falso enviado pelo golpista confirmando o pagamento, o vendedor enviou o produto.

Para a relatora do recurso, desembargadora Maria Lúcia Pizzotti, o autor assumiu os riscos de golpe. Após descrever o passo a passo que deveria ser seguido pelo vendedor – aceitação da proposta, pagamento, confirmação de pagamento e envio do produto –, a magistrada afirmou que se o procedimento é seguido corretamente “a transação tem altos índices de segurança, pois o pagamento, já feito, só será liberado com a confirmação pelo comprador da idoneidade do produto. É uma via de mão dupla que, contudo, não foi observada pelo autor, que sequer checou se houve pagamento antes de enviar o produto”. O julgamento, de votação unânime, contou com a participação dos desembargadores Lino Machado e Carlos Russo.

    Reproduzido do Tribunal de Justiça-SP

quarta-feira, 28 de abril de 2021

Salto de Pirapora - Reativação do Conseg e criação de comissões para discutir melhoria na Segurança Pública

 


    HÁ QUASE DOIS ANOS O CONSELHO COMUNITÁRIO DE SEGURANÇA (CONSEG) ESTEVE DESATIVADO. Existia no papel, porém não havia reunião contínua para cumprir o papel de discutir e sugerir ações de segurança na sociedade.

    O delegado Gilberto Montenegro Costa Filho percebendo a necessidade de reativar o Conseg, não mediu esforço e conseguiu formar o novo Conseg, com a seguinte formação: Presidente Franceli Castanho, vice-presidente Eduardo Papi, Paula Hernandes primeira secretária, Milton Hernandes segundo secretário, Cristiano Braga comunicador social, membros natos:  delegado Gilberto Montenegro Costa Filho, o comandante da PM capitão Casagrandi, e membro convidado o comandante da GCM Mauricio Bueno. 

    A primeira reunião mensal será realizada em 30 de abril às 19H (reunião virtual). A nova formação do Conseg idealizou a criação de comissões consideradas necessárias para focar temas relevantes. São elas: Comissão de Defesa da Mulher, Comissão de Segurança Municipal, Comissão do Programa Vigilância Solidária, Comissão de Segurança dos Comerciantes. 

    A presidente do Conseg, Franceli Castanho diz que por causa da pandemia poderia não haver adesão da sociedade em apresentar sugestões. Franceli acrescenta que com a criação das comissões facilitará abordar temas específicos, e de modo geral que podem contribuir com a melhoria da segurança.

             CONVITE À SOCIEDADE

 É com satisfação que a diretoria do CONSEG - Conselho Comunitário de Segurança de Salto de Pirapora, convida a comunidade, comerciantes, autoridades, representantes de associações e demais interessados a participar de nossa reunião mensal, para discutirmos sobre a segurança pública de nossa cidade e juntos propor melhorias e soluções. Em virtude da pandemia do COVID-19, nossa reunião dar-se-á de forma virtual no dia 30 de abril de 2.021 às 19 horas, devendo ser acessada através link: https://us02web.zoom.us/j/81979824545 . Contamos com você.


 .







        

Salto de Pirapora - Capotamento de veículo no Bairro Fazendinha

    INÍCIO DE TARDE QUARTA-FEIRA, 28/04, o Corpo de Bombeiros de Votorantim atendeu solicitação para socorrer uma vítima de capotamento de veículo na Estrada do Bairro Fazendinha, área rural de Salto de Pirapora. 

    A viatura do Corpo de Bombeiros esteve perto do local do sinistro, mas retornou porque uma ambulância da Prefeitura havia levado a vítima ao pronto-socorro da Santa Casa de Misericórdia daquela cidade. 

    A vítima da autolesão é José Carlos, morador do mesmo bairro. Por volta das 15H ele permanecia em atendimento na Santa Casa.

    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato!

Piedade - Justiça proibi Prefeitura de convocar professora que tem filho com paralisia cerebral para executar atividades presenciais durante pandemia



    A SERVIDORA Regiane, professora da rede municipal desde o início de fevereiro vinha tentando obter o direito ao afastamento ou de permanecer exercendo sua função na modalidade teletrabalho (home office), como já vinha sendo feito, já que possui o filho Vinicius com paralisia cerebral e, por consequência, diminuição da capacidade de ventilação pulmonar e complicações respiratórias, possuindo Laudo Médico de que é “do grupo de população de risco para a forma grave de Covid19”, além de possuir dependência total dos cuidados da mãe. Portanto, qualquer atividade externa pode fazer da servidora potencial vetor de contágio ao próprio filho que, se infectado, pode ser fatal. 

    Porém, seus pedidos vinham sendo negados pela Prefeitura sob o argumento de que “a legislação municipal existente a respeito do grupo de risco de contaminação pelo COVID-19 somente abarca os próprios servidores desta municipalidade, não sendo extensível a parentes ou seus dependentes”.

    Dada a gravidade do caso, a Comissão de Direitos Humanos da OAB chegou a oficiar tanto o Prefeito quanto o Presidente da Câmara de Vereadores em 20 de abril, recomendando que além dos servidores do grupo de risco, fosse normatizado o afastamento ou teletrabalho aos colaboradores que coabitem com pessoas consideradas do grupo de risco, como idosos e portadores de doenças graves¹.

    Com o fim do recesso escolar e apesar da solicitações administrativas em trâmite, a servidora passou a ser convocada para atividades presenciais, e, para salvar a vida do filho, ela procurou a Justiça. Os advogados Jaelson de Oliveira Silva e Giovana de Souza Botto impetraram ação (pedido de tutela antecedente), para que o município de Piedade se abstivesse de convocar a professora para realizar atividades presencias, de qualquer espécie, sem quaisquer prejuízos ao seu plano de carreira, até que cesse o Estado de Emergência e/ou de Calamidade Pública em decorrência da pandemia de COVID-19 ou, ainda, até que seu filho esteja comprovadamente imunizado e fora de risco.

  O juiz da 1ª Vara Cível de Piedade, Ricardo Augusto Galvão de Souza, acatou o pedido terça-feira à tarde, (27/04/2021), reconhecendo que “a situação de tristeza e angustia que assola o mundo, em razão da Pandemia, que além disso gera temor e incerteza nas pessoas, em relação à própria vida e também de seus entes queridos, dispensa maiores conhecimentos científicos para saber que ninguém estará a salvo, ao menos antes da imunização”.

    Não dá para viver sem notícia!

segunda-feira, 26 de abril de 2021

Tatuí - Adolescente infrator é surpreendido pela GM na Vila Angélica

 


    ADOLESCENTE TRANSITANDO PELA VIA PÚBLICA de bicicleta, percebeu uma viatura da Guarda Civil Municipal. Ele dispensou algo embaixo de um carro, e pedalou rápido na tentativa de evitar abordagem. 

    A guarnição abordou o adolescente e durante revista pessoal encontrou com ele porções de cocaína e R$ 79,00.

   Os guardas apreenderam a materialidade e detiveram o adolescente. Na Central de Flagrantes, a autoridade policial apreendeu o adolescente infrator por tráfico de droga artigo 33 da lei 11.343/06. 

    Não dá para viver sem notícia!

Tribunal-SP - Morador agressivo é condenado sair do imóvel num condomínio

 


    A 36ª CÂMARA DE DIREITO PRIVADO do Tribunal de Justiça de São Paulo condenou morador que ostentava comportamento antissocial e agressivo diante de vizinhos à perda do direito de uso da unidade e à impossibilidade de reingresso não autorizado nas dependências do edifício.

De acordo com os autos, após o falecimento dos pais, o imóvel passou a ser ocupado pelos três filhos. No entanto, desde 2010, um dos herdeiros, usuário de drogas, passou a apresentar comportamento antissocial, agressivo e intimidador contra vizinhos, vindo a destruir e degradar áreas comuns do edifício, praticar furtos e até ameaçar de morte outros moradores. Apesar de reiteradas multas impostas, o réu não apresentou mudanças de comportamento ou atitude.

O desembargador Milton Carvalho, relator da apelação, destacou que o Código Civil, ao prever a imposição de multas, também não veda outras medidas que possam ser adotadas. “Com efeito, ao lado da penalidade pecuniária prevista, é possível impor ao condômino antissocial outras medidas que assegurem aos condôminos a incolumidade e tranquilidade que se espera. Portanto, a despeito da ausência de previsão legal, admite-se o pedido de exclusão de condômino nocivo”, escreveu.

O magistrado negou o pedido feito pelo autor da ação para que os donos vendam a unidade, pois a remoção do infrator “se revela, por si só, suficiente e eficaz para pôr fim aos males de que padecem os demais condôminos em virtude do convívio com o réu”. O julgamento, de votação unânime, teve a participação dos desembargadores Jayme Queiroz Lopes e Arantes Theodoro.

    Reproduzido do Tribunal de Justiça-SP

sábado, 24 de abril de 2021

Pilar do Sul - indivíduo tenta matar padrasto com golpes de facão; a PM prendeu o criminoso

 


    FINAL DA TARDE DE SÁBADO, 24/04, alguém acionou a Polícia Militar para atender ocorrência de violência contra a vida no Bairro Água Doce, área rural de Pilar do Sul. De acordo com informação do solicitante, um homem teria tentado matar outro desferindo-lhe golpes de facão.

    Uma equipe da PM foi até o local e soube que Fábio Antunes Praxedes teria desferido golpes de facão atingindo o ombro e a cabeça do seu padrasto Roque Álvaro Moreira de Almeida. Depois do crime, Fábio Antunes saiu da cena do delito. O padrasto fora levado ao pronto-socorro da Santa Casa de Pilar do Sul. Agressor e vítima moram no mesmo bairro. 

    A polícia diligenciou e obteve sucesso em deter o agressor e apreender o facão utilizado no crime. Fábio confessou que atentou contra a vida do seu padrasto. Os policiais conduziram-no para a Delegacia de Piedade. No início da noite do sábado Roque permanecia na Santa Casa de Pilar do Sul, mas havia informação que ele seria transferida para um hospital de Sorocaba.

    Aqui a notícia chega chegando!

sexta-feira, 23 de abril de 2021

Salto de Pirapora - Pneu de trator passa sobre tórax de homem numa propriedade rural



    CORPO DE BOMBEIROS atendeu solicitação para atender um homem que sofreu acidente numa propriedade rural situada na Estrada Jonas dos Santos Rosa, Bairro dos Pires, em Salto de Pirapora. Início da tarde de sexta-feira, 23/04, o pneu traseiro do trator passou sobre o tórax de Waldemar Nunes de Lima, 47 anos.

    Uma unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros esteve no local e conduziu a vítima ao pronto-socorro da Santa Casa de Misericórdia de Salto de Pirapora. Após atendimento da equipe da Santa Casa, houve transferência da vítima Waldemar para o Hospital Regional de Sorocaba.  Waldemar reside em Salto de Pirapora.

    Aqui a notícia chega chegando!

 

Pilar do Sul - Polícia Militar recupera carga de defensivos avaliada em R$ 1,5 milhão de reais; quatro indivíduos respondem pelo crime

 


    QUATRO HOMENS são apontados pela polícia como responsáveis por desvio e furto de uma carga de defensivos agrícola avaliada R$ 1.576,000 (um milhão quinhentos e setenta e seis mil reais). 

    Um caminhão Mercedes-Benz com a carga transitava pela rodovia SP 79, mas o caminhão saiu da rota do trajeto. A empresa GR Bravo de Uberaba-MG analisou relatório de monitoramento e suspeitou de ação criminosa por isso identificou onde o caminhão estava com a carga e acionou a Polícia Militar de Pilar do Sul.

    Equipe da PM de Pilar com apoio de outras equipes dirigiram-se à estrada rural no Bairro Turvinho e encontraram Robinson Fernandes de Souza, 41 anos, que é o motorista do caminhão. Ele versou que um automóvel cinza interceptou o caminhão pela rodovia SP 79, um ladrão armado desceu do automóvel lhe rendeu obrigando-o entrar no automóvel, que rodou 20 minutos e lhe abandonou.

    A ação policial encontrou o caminhão Mercedes-Benz com a carga e outro caminhão Volvo que faria o transbordo da carga, mas o caminhão Volvo atolou-se. Em outro local a polícia abordou outros três indivíduos supostamente envolvidos no caso: Thiago Henryque Brito, 28 anos, Willian Dela Libra, 32 anos, Tiago Fernandes de Souza, 31 anos.   O motorista Robinson é de Campinas-SP, os dois Tiagos são de Carapicuíba-SP e Willian é de Baruerí-SP. A empresa Bravo citou indícios que a versão do motorista não convence.

    Os policiais detiveram o motorista e os três suspeitos e apreenderam o caminhão Mercedes carregado e o caminhão Volvo. Na Delegacia de Pilar do Sul, o delegado Milton Andreoli prendeu os quatro envolvidos por furto  tentado artigo 155 C.P agravado com concurso de agentes, e formação de quadrilha artigo 288 C.P (audiência de custódia). O fato aconteceu quinta-feira, 22/04.

    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato!

quinta-feira, 22 de abril de 2021

Tatuí - Equipes da GM detém traficante no Jd Ezequiel

 


    MORADOR DO JD EZEQUIEL teria denunciado às equipes da Guarda Municipal que estavam patrulhando que um rapaz residente na Rua Aniz Rizek naquele bairro saia da residência onde morava para entregar droga a quem o procurava.

    As equipes foram para a referida rua e avistaram o suspeito tentando entregar algo para uma pessoa na quarta-feira, 21/04, à tarde. O suspeito Thierre Goes viu as equipes e imediatamente dispensou embrulho e correu para dentro da residência dele. Os guardas acompanharam-no até detê-lo no quintal da casa.

    Com Thierre havia R$ 50,00. Ele admitiu estar vendendo droga e disse que em sua casa tinha mais drogas. A guarnição verificou que ele havia dispensado duas porções de maconha prontas para venda. Num guarda-roupa estavam escondidas: porções de maconha e pedras de crack, três celulares e R$ 1.239,00. Materialidade apreendida e ele detido. Na Central de Flagrante, a autoridade policial prendeu Theirre por tráfico de entorpecentes artigo 33 da lei 11.343/06 (audiência de custódia).

    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato!

quarta-feira, 21 de abril de 2021

Salto de Pirapora - Denúncia ajuda PM surpreender homem do tráfico

 


    POLICIAMENTO DE ÁREA da Polícia Militar em Salto de Pirapora ouviu denúncia que um indivíduo vendia droga próximo de uma lanchonete no Portal de Pirapora. Na terça-feira, 20/04, por volta das 21H uma equipe foi averiguar a denúncia e abordou um suspeito próximo de uma lanchonete no Portal de Pirapora.

    O indivíduo Fabio Serra Chagas (foto) portava duas porções de maconha prontas para consumo. Fábio Serra mostrou à polícia uma residência que ele morava de favor na Rua Dos Ipês, no Jardim Silva Barros. 

    A dona da residência franqueou a equipe entrar na residência. No quarto onde Fábio Serra dormia havia 1.200 ml de lança perfume, mais 22 porções de maconha totalizando 182 gramas da droga, e a quantia de R$ 500 que seria arrecadado com venda de entorpecente. 

    O caso foi apresentado na Delegacia de Votorantim. O delegado Irani Barros prendeu Fábio Serra por tráfico de entorpecentes artigo 33 da lei 11.343/06. Após o registro do flagrante Fábio fora encaminhado para audiência de custódia no Fórum de Sorocaba. 

    Não dá para viver sem notícia!

terça-feira, 20 de abril de 2021

Salto de Pirapora - Idosa acamada é encontrada sem assistência familiar

 


    GUARNIÇÃO DA GUARDA MUNICIPAL formada por Mauricio e Braga ouviu denúncia que uma idosa estaria acamada e sem assistência do filho que reside com ela na mesma casa. os guardas foram até o nº 65 da Rua espirito Santo, no Campo Largo, bateram palma, mas não houve quem atendesse. 

    Eles entraram no imóvel e encontraram na sala a idosa sobre o sofá e gemendo. O filho dela Murilo José da Mota, 38 anos, estava deitado em outro cômodo. A assistente social do município esteve na residência e encaminhou a idosa Beatriz Auxiliadora da Mota para ser atendida na Santa Casa de Misericórdia da cidade. Os guardas conduziram o filho dela para a Delegacia de Salto de Pirapora. 

   O delegado Gilberto Montenegro registrou o caso com fundamento no artigo 97 do Estatuto do Idoso e depois liberou o filho irresponsável. Após ser atendida na Santa Casa a idosa seria encaminhada para uma unidade que atende idoso. O caso aconteceu terça-feira pela manhã, 20/04.

    Não dá para viver sem notícia!   

segunda-feira, 19 de abril de 2021

Itapetininga/Itu - Indivíduo transportava 137 Kg de droga numa caminhonete

 


    POLICIAIS MILITARES fiscalizavam uma caminhonete na altura do Km 158 da Rodovia Raposo Tavares e encontraram no fundo falso da caminhonete 137 quilos de maconha em formato de tijolo. 

    Após apreender a droga, a polícia deteve o condutor do veículo Davi de Carvalho, que reside em Itu. 

    Na Delegacia de Itapetininga, a autoridade policial ratificou a prisão em flagrante por tráfico de droga artigo 33 da lei 11.343/06 (audiência de custódia). O fato aconteceu sábado à noite, 17/04.

   Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição! 

    

domingo, 18 de abril de 2021

Araçoiaba - Homem é golpeado enquanto caminhava; correu e caiu morto dentro de uma farmácia

 


    OCORREU homicídio em plena luz do dia na região central de Araçoiaba da Serra. Eduardo Augusto Villega Martins caminhava pela Rua Sete de Setembro e avistou seu desafeto Robson Martins.

    Eduardo empunhou uma faca e desferiu golpe nas costas de Robson. Mesmo ferido, Robson correu para o interior de uma farmácia, mas acabou morrendo. 

    O autor do crime esperou a polícia chegar e relatou que feriu Robson porque Robson havia lhe ameaçado. Policiais militares apresentaram o Eduardo na Delegacia de Votorantim, onde a autoridade policial o prendeu por homicídio artigo 121 C.P (audiência de custódia). O crime ocorreu domingo, 18/04.

   Não dá para viver sem notícia! 

sexta-feira, 16 de abril de 2021

Boituva - Criminoso apresentava-se como policial civil para cometer crimes contra o patrimônio

 


    POLICIAIS MILITARES souberam que um automóvel Cobalt de procedência duvidosa era utilizado para cometimento de crimes contra o patrimônio em Boituva. 

    A polícia soube também que quem utilizava o automóvel dizia que era policial civil e certo tempo depois cometia os crimes, isso teria acontecido em Boituva e Cerquilho.

    Sexta-feira à noite, 16/04, policiais militares avistaram o automóvel Cobalt transitando pela Rua Nelson de Andrade, no Parque Novo Mundo, em Boituva. Os policiais abordaram o veículo e mediante pesquisa souberam que o veículo era produto de furto em Sorocaba. 

    Os policiais detiveram o condutor Manoel de Souza Lima Neto, que dizia ser policial civil. Na Delegacia, o delegado Carlos Antunes ratificou flagrante de receptação qualificada artigo 180 C.P e ao término do flagrante encaminhou o indivíduo para audiência de custódia. A Polícia Civil vai investigar supostos crimes contra o patrimônio e comparsas de Manoel Neto.

    Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição!

Sorocaba - Propaganda kit covid é suspensa por determinação judicial

 


    A VARA DA FAZENDA PÚBLICA da Comarca de Sorocaba determinou, em 15/04, que o município pare, imediatamente, de veicular qualquer tipo de propaganda institucional recomendando ou afirmando a eficácia do tratamento precoce contra a Covid-19 que não possua comprovação científica ou recomendação da ANS. 

    A multa em caso de descumprimento, fixada em R$ 50 mil por publicação contrária ao determinado, será de responsabilidade do prefeito, de modo a não onerar o erário, podendo, ainda, o chefe do Executivo local responder por crime de responsabilidade.

Consta nos autos que a Prefeitura de Sorocaba veiculou notícia afirmando que o tratamento precoce, por meio do “kit Covid”, teria eficácia de 99% no município. Segundo o informe, dentre o universo de 123 pessoas contaminadas, 122 curaram-se com a utilização do tratamento. De acordo com a juíza Karina Jemengovac Perez, “é fato notório que não há base científica para a pesquisa pueril realizada pela Municipalidade”. Para ela, “a divulgação deste dado pela imprensa institucional é no mínimo preocupante, quiçá falaciosa”.

“Exige-se extrema responsabilidade do gestor público na divulgação de dados, sobretudo diante do estágio crítico atualmente vivenciado, estando o Estado de São Paulo na fase vermelha depois de sair de uma fase emergencial”, afirmou a magistrada, concluindo que “as publicações podem gerar um efeito reverso, no sentido de criar um destemor da população para com o vírus, sob as vestes de um eventual tratamento eficaz”. Cabe recurso da decisão.
    
    Reproduzido do Tribunal de Justiça-SP

quinta-feira, 8 de abril de 2021

Piedade - Colisão de pick-up com caminhão resulta em morte do condutor do utilitário

 


    POLÍCIA RODOVIÁRIA registrou colisão de um utilitário Fiat pick-up vermelho com um caminhão baú. 

    O caso aconteceu quinta-feira à tarde, 08/04, no momento que trafegavam pelo Km 106, 5 da rodovia José de Carvalho (SP 250).

    De acordo com informação de quem esteve no local, o utilitário colidiu de frente com o caminhão. 

    O impacto arremessou o utilitário para fora da pista. O motorista do caminhão saiu ileso. Silvio Ramos Martins, que conduzia o utilitário faleceu no local do acidente. Ele morava em Piedade.

    Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição!

terça-feira, 6 de abril de 2021

Estado-SP - Record de apreensão de drogas no primeiro bimestre do ano

 TRABALHO DAS POLICIAIS PAULISTAS permitiu a apreensão de 40,2 toneladas de entorpecentes em janeiro e fevereiro deste ano. A quantidade é sete vezes maior que a recolhida nos dois primeiros meses de 2001 (600,7 quilos) – primeiro ano da série histórica. 

    No período, a droga mais apreendida foi a maconha com 33,7 toneladas, seguida pela cocaína 4,6, crack, 500 quilos e 1,4 t de outras substâncias ilegais. Os números demonstram a efetividade das ações policiais no combate ao tráfico em todo o Estado.

    Além de ser o maior total de drogas apreendidos em 20 anos, a quantidade ainda representa um aumento de mais de 120% na quantidade de entorpecentes apreendidos no primeiro bimestre de 2020, quando foram recolhidas 18,1 toneladas, sendo cerca de 13,6 de maconha, 3,7 de cocaína, 0,1 de crack e 0,7 de outros.

    Ainda ao longo dos dois primeiros meses de 2021, as atividades das polícias paulistas permitiram em 24.808 prisões e na apreensão de 1.865 armas de fogo ilegais. Além disto, foram registrados 6.812 flagrantes por tráfico de drogas.

    Todo esse resultado foi obtido por meio do forte trabalho investigativo da Polícia Civil e do policiamento ostensivo da Polícia Militar que, em diferentes locais, conta com o apoio de Batalhões de Ações Especiais de Polícia (Baep) - unidades que atuam de forma semelhante aos padrões do policiamento de choque.

    Há que destacar também as megaoperações como as São Paulo, Rodovia e Interior Mais Seguro, realizadas desde o início da nova gestão, com o empenho do policiamento rodoviário e de outras unidades especializadas, para reforçar o policiamento em locais estratégicos, contribuir com a redução dos indicadores criminais, combater o crime e aumentar a percepção de segurança das pessoas.

    "O volume de drogas apreendidas no Estado de São Paulo tem aumentado significativamente, fruto da expertise dos profissionais empenhados no trabalho diário, do uso da tecnologia e da inteligência policial aplicada no combate ao crime, com o monitoramento das rotas possíveis rotas e caminhos do tráfico”, ressaltou o capitão Fernando Souza, porta-voz do Comando de Policiamento Rodoviário (BPRV), responsável pelo patrulhamento em toda a malha viária estadual paulista.

    Reproduzido da Secretaria de Segurança Pública-SP

segunda-feira, 5 de abril de 2021

Tatuí - Por causa de descarte de galhos em via pública homem tenta matar outro com golpes de facão

 


    UM HOMEM foi até a base da Guarda Civil Municipal, no Bairro Santa Rita de Cássia, e relatou ter agredido outro homem. O guarda visualizou que o homem portava um facão na cintura. Diante do relato, o guarda acionou viaturas. Os guardas encontraram a vítima que apresentava ferimento: nas pernas, nas costas e no rosto.

    Os guardas detiveram o agressor Luís Felipe, e acionaram uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência para levar a vítima ao hospital. O agressor Luís Felipe relatou que ele passava pela via pública e viu a vítima descartando galhos secos na via pública. Luís Felipe afirmou ter reclamado com a vítima, mas ela rebateu a reclamação. Isso teria gerado desentendimento que culminou em agressão. 

    Na Central de Flagrante, a autoridade policial prendeu Luís Felipe por homicídio tentado artigo 121 combinado com artigo 14, ambos do C.P. Ao término do flagrante Luís Felipe fora encaminhado para audiência de custódia.

    Não dá para viver sem notícia!

domingo, 4 de abril de 2021

Itapetininga - Força Tática surpreende mulher responsável por 2,8 Kg de drogas

 


    APÓS RECEBER DENÚNCIA que uma mulher vendia droga num terreno no Jardim Casa Grande, uma equipe da Força Tática foi ao citado local e visualizou a mulher suspeita escondendo uma lata no solo de um terreno, depois disso ela entregou algo a uma pessoa que estava dentro de um automóvel ali perto.

    A polícia abordou a mulher e ela teria confessado estar ali vendendo drogas, e ainda citou endereço de uma casa onde ela pegava as drogas para vender naquele local. Os policiais  apreenderam as drogas escondidas no terreno, e foram ao endereço delatado pela mulher. Na referida casa, encontraram mais 205 gramas de maconha, 390 gramas de crack e 2.260 Kg (dois quilos duzentos e sessenta gramas de cocaína). Não havia pessoa na casa. 

    A equipe deteve Adriele, 21 anos, e apreendeu a materialidade delitiva. No Plantão Policial, o delegado Emanuel dos Santos Françani ratificou flagrante de tráfico de drogas artigo 33 da lei 11.343/06. Após o registro do flagrante, Adriele foi encaminhada para audiência de custódia. O fato aconteceu no início da madrugada de domingo, 04/04.

    Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição! 

sábado, 3 de abril de 2021

Estado-SP - Começa segunda (05/04) vacinação de agentes de segurança contra covid-19

     SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA informa que, a partir de segunda-feira, 05/04, todos os profissionais da ativa das polícias Civil, Militar e Técnico-Científica, Corpo de Bombeiros, Agentes Penitenciários, Guardas Civis Metropolitanos, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal que atuam no Estado de São Paulo serão vacinados contra o coronavírus.

    Cerca de 180 mil doses de vacina serão disponibilizadas aos agentes em mais de 70 unidades da Polícia Militar no Estado. O objetivo da medida é evitar aglomerações nos postos públicos de saúde, onde prossegue a campanha de vacinação para o restante da população.

    A vacinação é exclusiva aos profissionais da ativa das instituições, com exceção daqueles que não atendem aos critérios médicos estabelecidos pelas autoridades de saúde (gestantes, lactantes, ter tido a Covid a 30 dias ou menos). Para receber a imunização contra Covid-19, os profissionais de segurança podem fazer um cadastro prévio pelo site https://vacinaja.sp.gov.br. O registro, porém, não é obrigatório.

 

                       Pontos de vacinação no Estado

    A estrutura montada pela SSP para imunizar os agentes inclui 76 pontos de vacinação vinculados a unidades da Polícia Militar. Serão 21 na Capital - entre eles a APMBB (Academia de Policia Militar do Barro Branco), no bairro da Água Fria -, sete na Grande São Paulo, três na região de São José dos Campos, sete na região de Campinas, sete na região de Ribeirão Preto, cinco na região de Bauru, quatro na região de São José do Rio Preto, seis na Baixada Santista, quatro na região de Sorocaba, quatro na região de Presidente Prudente, seis na região de Piracicaba e dois na região de Araçatuba.  

 

                           Prevenção e cuidados

    Desde o início da pandemia, a Secretaria da Segurança Pública adota todas as medidas necessárias e recomendadas pelas autoridades de saúde para garantir a proteção dos agentes contra a Covid-19. Mais de 27 milhões foram investidos na como aquisição e distribuição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como máscaras, luvas, aventais descartáveis, álcool gel, face shield para os servidores e agentes de segurança, além da higienização dos ambientes de trabalho, viaturas e laboratórios.

   Todo policial com suspeita ou diagnóstico da Covid-19 foi ou está devidamente afastado, conforme orientações do Comitê de Contingência do coronavírus. A SSP acompanha o quadro clínico, fornecendo todo o suporte necessário para a recuperação de seus agentes.


    Reproduzido da Secretaria de Segurança Pública-SP

    

quinta-feira, 1 de abril de 2021

Justiça-SP - Município não pode regular serviço de transporte de passageiros por aplicativo

 


    A 4ª CÂMARA DE DIREITO PÚBLICO do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve decisão que determinou que o Município de Itaquaquecetuba deixe de tomar medidas que impeçam os motoristas associados a uma empresa de transportes por aplicativo de exercer o transporte privado de passageiros, deixando de caracterizar a atividade como transporte clandestino. Além disso, a municipalidade deverá liberar os veículos dos associados detidos por transporte irregular, independentemente do pagamento de multas e despesas.

Consta dos autos que a empresa autora da ação alega que os motoristas do aplicativo tiveram suas atividades restringidas com multa e recolhimento dos veículos. O relator do recurso, desembargador Paulo Barcellos Gatti, destacou que cabe à Administração Pública Municipal tão somente exercer o poder de fiscalização da atividade, envolvendo a análise das condições e conservação e de segurança dos veículos, documentação e aplicação da legislação de trânsito.

O magistrado frisou que a lei municipal que regulamenta a administração do sistema de transportes no município não trata do transporte privado por aplicativo, pois não tem competência para tanto, “de modo que a atividade exercida pelos motoristas associados não configura qualquer violação a aludida lei municipal”. E completou: “eventual proibição da atividade privada constante dos aludidos sistemas viola bases estruturais da Constituição Federal, quais sejam: valores sociais do trabalho e da livre iniciativa; o livre exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão; o princípio da livre concorrência; a defesa do consumidor e a liberdade de acesso e livre exercício de qualquer atividade econômica.” 

    Reproduzido do Tribunal de Justiça-SP