sexta-feira, 16 de abril de 2021

Boituva - Criminoso apresentava-se como policial civil para cometer crimes contra o patrimônio

 


    POLICIAIS MILITARES souberam que um automóvel Cobalt de procedência duvidosa era utilizado para cometimento de crimes contra o patrimônio em Boituva. 

    A polícia soube também que quem utilizava o automóvel dizia que era policial civil e certo tempo depois cometia os crimes, isso teria acontecido em Boituva e Cerquilho.

    Sexta-feira à noite, 16/04, policiais militares avistaram o automóvel Cobalt transitando pela Rua Nelson de Andrade, no Parque Novo Mundo, em Boituva. Os policiais abordaram o veículo e mediante pesquisa souberam que o veículo era produto de furto em Sorocaba. 

    Os policiais detiveram o condutor Manoel de Souza Lima Neto, que dizia ser policial civil. Na Delegacia, o delegado Carlos Antunes ratificou flagrante de receptação qualificada artigo 180 C.P e ao término do flagrante encaminhou o indivíduo para audiência de custódia. A Polícia Civil vai investigar supostos crimes contra o patrimônio e comparsas de Manoel Neto.

    Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição!

Nenhum comentário:

Postar um comentário