domingo, 2 de maio de 2021

Sorocaba - Corpo do morador do Vitória Régia 2 desaparecido é encontrado com marca de tiro na cabeça

 


    EQUIPE DO CORPO DE BOMBEIROS encerrou busca pelo corpo de André de Jesus Senna, 27 anos, no final da tarde de sexta-feira, 30/04. No dia seguinte (01/05) bombeiros retomaram busca pelo rio Sorocaba lá no Vitória Régia 2, por aproximadamente uma hora e meia, mas não encontraram o corpo. Os bombeiros disseram que não voltariam à procura do corpo, e que os familiares aguardassem o resultado da investigação.

    Domingo, 02/05, familiares e amigos dividiram-se em dois grupos: um grupo foi procurar pela mata e outro grupo utilizou uma embarcação pelo rio Sorocaba. À tarde, o grupo encontrou o corpo encostado num galho de árvore dentro do rio Sorocaba. O corpo estava aproximadamente quase um quilômetro do local onde André estava no início da madrugada de quarta-feira, 28/04, quando desapareceu.


     
O corpo apresentava fratura no nariz e marca de tiro na cabeça. A polícia recolheu o corpo e o levou ao IML. André deixa uma filha de sete anos e sua esposa grávida de cinco meses. Familiares e moradores do bairro pedem apuração da violência sofrida por André. 

                                      RELEMBRE O CASO ABAIXO  

    O CIDADÃO André de Jesus Senna de 27 anos (foto), é morador do Bairro Vitória Régia 2, ele trabalha efetuando carreto com um utilitário Pampa. 

    Uma moradora daquele bairro falou ao Sorocaba Notícia, que no início da madrugada de quarta-feira, 28/04, André estava pela Rua Aparecida Levy, no Vitória Régia, de repente apareceu uma viatura da ROMU de Sorocaba. 

    Os guardas desceram para realizarem abordagem, André correu em direção uma mata, a guarnição teria efetuado dois disparos em direção ao André. Em ação contínua a guarnição saiu no encalço dele. André entrou na mata. Os guardas também entraram na mata. Nisso, os moradores entraram para suas residências. 

    Minutos depois a viatura da Guarda saiu da mata efetuando manobra de marcha ré e se retirou do bairro. André não apareceu. No dia seguinte familiares procuraram a polícia para saber se André estaria preso. Não houve reclusão.

    Familiares foram ao Instituto Médico Legal de Sorocaba e não encontraram corpo de André. Alguém da família de André registrou desaparecimento dele com o relato dos fatos. 

    Amigos e familiares de André entraram na mata para procurá-lo, mas não o encontraram. Revoltados, moradores e familiares comentam sobre os fatos. Alguém do bairro informou os fatos ao prefeito de Sorocaba, Rodrigo Manga. 

    Na sexta-feira, 30/04, uma equipe náutica do Corpo de Bombeiros iniciou buscas no rio Sorocaba, concluiu as buscas até 16H45 e não encontrou o corpo. 

    No início da tarde, o prefeito Rodrigo Manga esteve no bairro e discursou aos moradores prometendo sindicância na Guarda Municipal para apurar a atuação dos guardas.

    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário