sexta-feira, 20 de agosto de 2021

Justiça-SP condena loja indenizar casal homossexual por danos morais

 


    A 1ª VARA DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL de Campinas condenou operadora de telefonia por ato discriminatório contra casal homossexual em loja. A indenização por danos morais foi fixada em R$ 10 mil para cada um dos autores da ação.

Consta nos autos que o casal foi até a loja da operadora para tratar de assuntos relacionados a duas linhas telefônicas, momento em que foram impedidos de serem atendidos ao mesmo tempo em razão de procedimentos de segurança relacionados à Covid-19. No entanto, os clientes notaram que casais heterossexuais estavam sendo atendidos de forma conjunta. Ao questionarem o porquê da diferença, os funcionários da ré chamaram a segurança do shopping para tirá-los do estabelecimento.


De acordo com a juíza Thais Migliorança Munhoz Poeta, fotografias juntadas aos autos corroboram a versão do casal. “Assim, evidente a discriminação sofrida pelos autores por configurarem um casal homoafetivo, já que a restrição de atendimento conjunto não foi igualmente aplicada aos casais heterossexuais”. Para ela, estão presentes no caso os elementos ensejadores da responsabilidade civil: ação ou omissão do agente (falha na prestação dos serviços, atuando de forma discriminatória); dano (ofensa íntima aos autores); nexo de causalidade; e culpa.


“A orientação sexual do indivíduo, patrimônio íntimo de sua personalidade e que merece a devida tutela jurídica, não pode e não será motivo para que homofóbicos disseminem seu ódio infundado de forma deliberada. Cabe ao Poder Judiciário, portanto, com base em seus princípios e valores constitucionais, acolher a vítima do preconceito e punir o ofensor, com o fito de amparar a comunidade LGBT como um todo, que deve estar consciente de seus direitos e procurar a justiça quando estes forem violados, além de repreender aqueles que discriminam qualquer tipo de minoria social”, escreveu a juíza. Cabe recurso da decisão.

 

    Reproduzido do Tribunal de Justiça-SP

 

quinta-feira, 19 de agosto de 2021

Piedade - Procuradora sugere criação de estrutura para ouvir, instruir e atender servidores vitimas de violência sexual

    A PROCURADORA DO MUNICÍPIO Bianca Espinosa Marum sugeriu ao chefe do Executivo, criar um canal de comunicação com equipe apta para atender servidores vitimas de eventual violência sexual no âmbito de trabalho. 

    Para ela, o atendimento às vitimas por uma equipe psicossocial pode minimizar o efeito do episódio (violência sexual) e também instruir para apuração do fato no âmbito administrativo, pois esse tipo de conduta não acontece de maneira velada e isso dificulta elucidação. 

           Um fato 

    Em 2020, uma vigia da Prefeitura laborando no Parque Ecológico teria sofrido investida de outro vigia que trabalha em outro setor da Prefeitura e costumava ir ao Parque simulando fazer caminhada. De acordo com a vigia, além de ameaçar agarrá-la seu colega comentou aos colegas que ela estaria se relacionando com outros colegas no local de trabalho. 

    O caso fora registrado na Delegacia, mas o delegado entendeu não haver provas de crime. No âmbito administrativo não houve punição porque a comissão deliberou pelo arquivamento. A vigia declarou medo por novas investidas do colega e pediu para ser transferida para outro posto de trabalho; ela reclama que o gabinete ignorou sua situação de vítima. 

    Ela constituiu advogado para processar o colega criminalmente e na esfera cível. O defensor dela ainda vai elaborar ação contra a Prefeitura por danos morais por não aplicar o princípio da imparcialidade e da impessoalidade durante o processo administrativo.

    Não dá para viver sem notícia!        

Operação Interior Mais Seguro apreende 95 Kg de entorpecentes e detém 125 pessoas

      POLÍCIA MILITAR desencadeou segunda-feira, 16/08, a Operação Interior Mais Seguro em todo o Estado de São Paulo, nas regiões em que há áreas rurais, com a finalidade de garantir a continuidade da redução dos indicadores criminais, aumentando a presença ostensiva para melhorar a percepção de segurança das pessoas e combater o crime.  A ação se estendeu até a manhã desta terça-feira (17).

    A operação, que está em sua 48ª edição, contou com a mobilização de 14.338 policiais militares, com o emprego de 6.499 viaturas e 11 helicópteros, distribuídos em 1.097 pontos. As equipes permaneceram em locais estratégicos nas áreas rurais, apontados pelo serviço de inteligência da PM, para sufocar possíveis ações de criminosos.

    Além do policiamento preventivo, também atuaram com foco em receber das comunidades rurais informações que apontem melhorias da segurança local bem como os policiais militares foram agentes estimuladores do Programa Vizinhança Solidária.

    A ação resultou em 79 pessoas presas e/ou apreendidas e 46 foragidos capturados. Também houve a apreensão de 95,8 quilos drogas. Aproximadamente 9,9 mil veículos foram vistoriados e 68 motoristas autuados por consumo de álcool, recusa ao teste do bafômetro e embriaguez ao volante. A PM também recuperou 28 veículos produtos de roubo ou furto e retirou das ruas 27 armas de fogo ilegais.

    Reproduzido da Secretaria de Segurança-SP

quarta-feira, 18 de agosto de 2021

Pilar do Sul - Vereador encontra 50 caixas de alcool com validade vencida no prédio da Secretaria de Saúde

 


    APÓS RECEBER DENÚNCIA ANÔNIMA, o vereador Miguel Guedes (PSDB) dirigiu-se até o prédio da Secretaria de Saúde e lá encontrou aproximadamente 50 caixas, cada caixa contendo 12 unidades (1 litro) de alcool líquido com validade vencida há quase 12 meses. 

    O caso ocorreu terça-feira, 17/08. O vereador compareceu ao local acompanhado de um assessor da Câmara de Vereador, e solicitou a presença do diretor da Vigilância Sanitária para acompanhar a diligência. A informação do diretor é que o material seria utilizado para limpeza.

    No mesmo dia a secretária de Saúde Municipal ligou para o vereador e disse que o material fora doado por um orgão de Saúde Estadual e confirmou que o material era utilizado somente para limpeza. Miguel Guedes elaborou requirimento na Câmara a respeito dos fatos e aguarda justificativa. 

    O edil afirma de maneira enfática que o caso merece esclarecimento: A Secretaria de Saúde deve esclarecer tudo isso porque se um comércio não pode comercializar produto com validade vencida é porque sua finalidade é comprometida.

    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato!  

segunda-feira, 16 de agosto de 2021

Pilar do Sul - Prefeitura inicia transporte de pessoas gratuitamente no Jd Cananeia e Reunidas


     

NO INÍCIO DA MANHÃ DE SEGUNDA-FEIRA, 16/08, como antes havia previsão, o ônibus da Prefeitura de Pilar do Sul iniciou o transporte de pessoas gratuitamente do Jardim Cananeia e Reunidas.

    São três horários de segunda a sexta. O itinerário é o mesmo. A gratuidade será mantida até dezembro ou até outra empresa assumir concessão para transportar passageiros no município.

    Não dá para viver sem notícia! 

sábado, 14 de agosto de 2021

Salto de Pirapora - Justiça manda prender o vereador Nei do São Manoel, ele responde processo por envolvimento com tráfico de droga

 


    MEDIANTE ESCUTA TELEFÔNICA, a Polícia apurou que antes de eleger-se vereador, Sidnei de Jesus dos Santos, conhecido por Nei do São Manoel, era envolvido com pessoas que intermediavam compra e venda de drogas em Santo André, Sorocaba e Salto de Pirapora. 

    Pelo relato do Ministério Público, Nei teria cometido associação para o tráfico de droga artigo 33 da lei 11.343/06, ele intermediava venda de droga para o Bairro Ana Guilherme e Jardim Teixeira, ambos em Salto de Pirapora. Outras pessoas são réus no mesmo processo.

            Por que pedido de prisão

    Na instrução criminal, a promotora de justiça Maria Paula Pereira da Rocha percebeu que Nei agia explicitamente tentando tumultuar a instrução criminal para tentar livrar-se da aplicação da lei penal. 

    Por causa dessa conduta dele, a promotora pediu a prisão preventiva. A juíza Thais Galvão ordenou prendê-lo. Sábado à noite, 14/08, Sorocaba Notícia ouviu informação que Nei ausentou-se do Bairro São Manoel onde reside. Ele é considerado foragido da Justiça. Pela gravidade dos fatos, existem comentários expressivos em Salto de Pirapora sobre pedido para instaurar processo de cassação por quebra de decoro (conduta incompatível com o cargo que ocupa).

    Quem comete crime está sujeito a pão de angústia e água de amargura!  

sexta-feira, 13 de agosto de 2021

Sorocaba - Ex-funcionários do Instituto Diretrizes esperam salário e rescisão

 


    POR APROXIMADAMENTE DOIS ANOS E MEIO, o Instituto Diretrizes esteve responsável por demandas na Unidade Pré-Hospitalar Zona Oeste de Sorocaba. No início de junho deste ano, a Prefeitura notificou que rescindiria o contrato, alegando má gestão. 

    De acordo com Milton Sanches, presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde, houve transição brusca e causou estranheza aos 159 ex-funcionários do Instituto Diretrizes e risco de tumulto com os funcionários da nova empresa, o Instituto Soleil, que assumiu os serviços. 

    O Sindicato peticionou em juízo arresto (apreensão judicial de dinheiro que o Instituto Diretrizes teria que receber da Prefeitura de Sorocaba). A justiça acolheu o pedido de arresto e determinou a Prefeitura reservar o dinheiro, atualmente aproximadamente 2 milhões de reais.

    Sabendo da decisão da Justiça, os ex-funcionários assinaram abaixo-assinado excluindo o Sindicato da reclamação judicial (arresto). O presidente do Sindicato agendou reunião com advogados da Prefeitura e firmou acordo para o Sindicato sair da ação. Diante disso as partes comunicaram no processo a saída do Sindicato. Assim sendo o dinheiro será pago ao Instituto Diretrizes e este deverá pagar aos ex-funcionários. 

          Ex-funcionário

    "Reclamamos da demora do pagamento porque foi nos passado que receberíamos nossos direitos em 23/07, e não recebemos, depois ouvimos a informação que seria 06/08 e até agora nada. A demora ocorre pelo fato de situação litigiosa; disse um ex-funcionário". 

    O presidente do Sindicato falou ao Sorocaba Notícia, que a entidade sindical provocou a Justiça para garantir os direitos dos trabalhadores. "Ouça bem, o Instituto Diretrizes não prestou satisfação aos ex-funcionários quando realizaria o pagamento deles, isso nos fez acreditar em risco dela não pagar seus ex-colaboradores, por isso o Sindicato ajuizou a ação", acrescentou o presidente. Milton Sanches ainda disse que em dois momentos houve morosidade da Prefeitura em manifesta-se no processo.

    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato! 

   

Pilar do Sul - Moradores de Cananeia e Reunidas terão ônibus de graça



    SEXTA-FEIRA PELA MANHÃ, 13/08. moradores dos bairros: Cananeia, Reunidas e Jd Panorama estiveram em frente a Prefeitura de Pilar do Sul reivindicando o retorno do transporte público. O prefeito Marco Aurélio Soares pediu formação de uma comissão de moradores para uma reunião em seu gabinete.

    A comissão formada por seis moradores sentou à mesa para discutir a situação. Marco Aurélio relatou que assinou contrato com a empresa Estevam e a partir de segunda-feira, 16/08 ela realizará transporte de alunos. O prefeito disse ainda que quinta-feira, 12/08 (ontem), rescindiu o contrato com a empresa Santa Fé, detentora da concessão para transportar passageiros. 

    Garantiu que a partir de terça-feira, 17/08, a Prefeitura vai disponibilizar ônibus para transportar passageiros gratuitamente nos bairros Cananeia e Reunidas. O compromisso constou em ata assinada pela comissão e o prefeito. Ao definir os horários dos ônibus a Prefeitura promete informar pela rede social facebook. 

    O Jd Panorama não está contemplado com ônibus gratuito porque tem alternativa do transporte público intermunicipal que circula pela rodovia Francisco José Ayub (SP 264).  

    Aqui a notícia chega chegando!

quinta-feira, 12 de agosto de 2021

Tribunal-SP considera inconstitucional lei que garante gratuidade aos obesos no transporte público de Guaratinguetá-SP

 


     ORGÃO ESPECIAL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA de São Paulo declarou, por votação unânime, a inconstitucionalidade da Lei nº 5.104/20, de Guaratinguetá, que concedeu isenção no transporte público local aos portadores de obesidade mórbida tipo III.

A ação foi proposta pelo Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros do Interior do Estado de São Paulo. De acordo com o relator da ação, desembargador Costabile e Solimene, ao dispor sobre regras referentes ao transporte coletivo do município, a lei, proposta na Câmara Municipal, invadiu a competência privativa do Chefe do Executivo, uma vez que a disciplina dos transportes públicos municipais se situa na reserva da administração.

     “A fixação de preço público (tarifa) de serviço público é ato da competência privativa do Poder Executivo, prevista nos artigos 120 e 159, parágrafo único, da Carta Estadual. Por conta disso é patente a incompatibilidade das benesses com o princípio da separação de poderes. A inclusão de isenção no curso de contrato administrativo de concessão dos transportes públicos importa violação ao artigo 117 da Constituição Estadual, repito, exatamente porque não estariam resguardadas as condições efetivas da proposta do edital de licitação, base da definição da equação econômico-financeira do contrato”, escreveu.

Segundo o magistrado, a sanção do prefeito não basta para resolver a infração à separação dos Poderes. “O desrespeito à prerrogativa de iniciar o processo legislativo, que resulte da usurpação do poder sujeito à cláusula de reserva, traduz vício jurídico de gravidade inquestionável, cuja ocorrência reflete típica hipótese de inconstitucionalidade formal, apta a infirmar, de modo irremissível, a própria integridade do ato legislativo eventualmente editado”, afirmou.

O relator ressaltou que foi analisada a inadequação do processo legislativo que deu origem à lei, não seu conteúdo. “Sendo interesse do Prefeito, ele próprio poderá, no momento que entenda oportuno e conveniente, e uma vez respeitados os ditames do contrato administrativo que regula a concessão/permissão, criar o mesmo benefício imune de vícios legais.”

    Reproduzido do Tribunal de Justiça-SP

Pilar do Sul - A onça vai beber água: moradores de 3 bairros irão em frente ao Paço protestar por falta de transporte público

 


    MORADORES DO BAIRRO CANANEIA, um dos bairros mais prejudicado pela falta de transporte público, se reunirão quarta-feira à noite, 11/08, em casa de um líder do bairro, e outra reunião na manhã de quinta-feira em frente o Barracão no centro do Bairro Cananeia, para tratar a situação sobre a necessidade da volta de ônibus. 


    Além de lideranças do Cananeia, compareceram representantes da Associação de Moradores do Jd Panorama e lideranças do Bairro Pombal. Após discutirem o problema, eles decidiram realizar protesto a partir de 09H desta sexta-feira, 13/08, em frente o Paço, e só saírem de lá com garantia da volta dos ônibus em todos os bairros. 

    Uma liderança do Cananeia falou ao Sorocaba Notícia, que a manifestação será pacífica, mas não sabe a que horas será encerrada; e acrescentou que a situação sem ônibus é insustentável, e que a divulgação pelo WhatsApp e no Facebook da foto do prefeito de Pilar do Sul,  Marco Soares supostamente tomando cerveja em almoço numa churrascaria em Sorocaba provocou indignação pelo fato das pessoas viverem transtornos pela falta de ônibus e o prefeito tomando cerveja com dinheiro do próprio povo como se nada estivesse acontecendo. "Iremos lá amanhã, o horário da manifestação está marcado às 09H, mas creio que a partir das 08H30 já estaremos lá; ele nos guarde".

    Aqui a notícia chega chegando!  

quarta-feira, 11 de agosto de 2021

Tapiraí - Presidente da Câmara responde por suposto tráfico de influência e o filho dele conselheiro tutelar por abuso de direito



    A VARA ESPECIAL CÍVEL DE PIEDADE julga um processo ajuizado pela conselheira tutelar Vanusa de Camargo Garcia Satti, que mora e trabalha em Tapiraí. Ela pede indenização por danos morais. Vanusa expôs conduta do conselheiro tutelar David Roberto de Araújo, que também mora e trabalha em Tapiraí, e o pai dele, o vereador presidente da Câmara, César Roberto de Araújo (1ª foto). 

          Os fatos

    Em dezembro de 2020 e janeiro deste ano, o conselheiro tutelar David recebeu mensagens de teor amoroso em seu whatsApp, tais mensagens supostamente enviadas do número móvel da conselheira tutelar Vanusa. Por causa disso, David registrou queixa na Polícia, ainda comunicou ao Conselho Tutelar, e procurou a colega para reclamar. Vanusa negou ter enviado as mensagens. A situação persistiu. Vanusa suspeitou de fraude (clonagem do número móvel) e foi na Polícia registrar o caso e solicitar bloqueio da linha.


    A presidente do Conselho Tutelar teria conversado com Vanusa e com David esclarecendo que o caso era particular não sendo inerente à função de conselheiro(a). Todavia, David não cessou de pedir providência ao Conselho. 

    A presidente do Conselho realizou reunião exclusiva para tentar solucionar o caso na sede da Prefeitura, uma medida adotada foi alteração da escala de trabalho dos dois. Contudo, David não satisfeito, durante a reunião ele mostrou aos presentes supostas mensagens atribuídas a conselheira e disparou ataques à moral dela. Depois dessas atitudes, David chamou seu pai para atuar em seu favor. 

    César teria entrado no Paço visivelmente descontrolado psicologicamente e exigiu em 10 dias ação da Prefeitura contra a conselheira tutelar, e se não houvesse medida punitiva ele na condição de presidente da Câmara exoneraria a conselheira. 

    De acordo com a tese desenvolvida no processo, David extrapolou seu direito de reclamar (excesso), e seu pai usou indevidamente o cargo de presidente da Câmara. O advogado que assinou a ação pleiteia indenização por danos morais (R$ 5 mil de cada um), e ao término do processo as cópias sejam encaminhadas ao Ministério Público para outras providências. A demanda judicial é recente; pai e filho ainda não foram citados pela Justiça. 

    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato!  

Araçariguama - Apreensão de armas e 20 Kg de drogas

 


    POLÍCIA MILITAR apreendeu seis armas de fogo e mais de 20 quilos de maconha em uma ação que também resultou na prisão de dois homens, de 32 e 63 anos. O flagrante ocorreu segunda-feira, 09/08, em Araçariguama, interior do Estado.

    Uma equipe da PM descobriu que uma grande quantidade de entorpecentes chegaria na Estrada Itatuba e foi até o local verificar. No endereço, os militares se depararam com dois suspeitos, sendo que um fugiu ao perceber a presença da equipe.

    O homem que permaneceu no local foi abordado e próximo a ele se encontrava uma motocicleta com os sinais identificadores suprimidos e sem placas. Questionado, o suspeito disse que o veículo pertencia ao homem que fugiu. Sobre estar traficando entorpecentes no local, no entanto, o abordado negou, mas confessou que possuía algumas armas de fogo em sua residência.

    O homem levou os policiais até o seu imóvel, onde foram encontradas duas garruchas de calibre 22, um simulacro e diversas munições. Outras quatro cartucheiras, dos calibres 28,36 e 40, foram localizadas em um matagal próximo, indicado pelo próprio suspeito como local usado por ele para esconder o armamento.

    Saindo do matagal, os militares abordaram outro homem que confessou ter adquirido grande quantidade de drogas para a venda e levou os PMs até a sua casa. No local, foram localizados 32 tijolos de maconha em um matagal, além de três papelotes e cinco cigarros da mesma substância, totalizando 21 quilos de entorpecentes. Também foram encontrados itens para embalar e pesar as substâncias, como sacos plásticos e balança de precisão, anotações do tráfico e R$ 520 em espécie.

    As drogas, armas, munições, a motocicleta e outros objetos foram apreendidos para perícia e o dinheiro recolhido, assim como um celular. Os dois homens foram presos em flagrante e levados à Delegacia Sede da cidade, onde foi verificado que contra um deles havia um mandado de prisão em aberto.

    A ocorrência foi registrada como tráfico de entorpecentes, posse irregular de arma de fogo de uso permitido, captura de procurado e adulteração de sinal identificador de veículo automotor. Os dois autores permaneceram detidos à disposição da Justiça. O terceiro envolvido, que fugiu, já foi identificado e é investigado.

    Reproduzido da Secretaria de Segurança-SP

Salto de Pirapora - Menina de 10 anos é vítima do padrasto

 


    TERÇA-FEIRA À NOITE, 10/08, a mãe de uma menina de 10 anos, acionou a Guarda Civil Municipal e denunciou que naquele momento sua filha estaria sendo violentada sexualmente pelo padrasto no interior da residência do casal situada na Vila Universitária, Bairro Itinga, em Salto de Pirapora.

    Guardas civis municipais entraram no imóvel e constataram a conduta reprovável. Diante do fato, a guarnição deteve o indivíduo Esaú Ferreira dos Santos, que executa serviço em eletricidade na UFSCAR.

    No Plantão Policial em Votorantim, a autoridade policial prendeu Esaú por estupro de vulnerável artigo 217-A. O padrasto fora encaminhado para audiência de custódia no Fórum de Sorocaba.

    Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição! 

Pilar do Sul - Dois acidentes na SP 264 resulta em 4 vitimas



    POLÍCIA RODOVIÁRIA registrou colisão frontal envolvendo um automóvel Santana e um automóvel Corolla, na Rodovia Francisco José Ayub (SP 264) trecho compreendido entre Salto de Pirapora e Pilar do Sul. 

    Esse acidente feriu o condutor do veículo Santana, Gerson dos Santos e o motorista do Corolla Sadrak dos Reis e sua esposa Selma Rocha dos Reis. As vitimas foram levadas para a Santa Casa de Pilar do Sul. 

    Antes de concluir a sinalização na pista, uma motocicleta conduzida por Daniel de Souza Oliveira colidiu em um dos veículos que permaneciam na pista. O condutor da moto também sofreu ferimento e fora levado para a Santa Casa daquela cidade. Todas as vitimas moram em Pilar do Sul. Os casos ocorreram no início da noite de terça-feira, 10/08. No final da noite Gerson seria trazido para um hospital em Sorocaba.

    Aqui a notícia chega chegando!  

  

terça-feira, 10 de agosto de 2021

Pilar do Sul - Viação Estevam faz acordo com Sindicato para transportar alunos

 


    EM REUNIÃO com o Sindicato dos Rodoviários, a empresária Virginia, da empresa Viação Estevam,  propôs contratar cinco motoristas que trabalhavam na empresa de ônibus Santa Fé, por um salário de R$ 2.860,00, uma cesta básica e R$ 500,00 de tick-alimentação; a proposta também pretende contratar cinco monitoras com salário de R$ 1.360,00,  uma cesta básica e o tick-alimentação. 

    O salário da Convenção Coletiva vigente prever ao motorista R$ 3.200,00, cesta básica, tick-alimentação, plano de saúde familiar e convênio odontológico. Ao analisar a proposta, o Sindicato concordou com a empresária. Ela teria falado em selecionar os motoristas, mas o Sindicato discordou e nomeou os motoristas candidatos às vagas. Isso foi reconhecimento do Sindicato aos ex-trabalhadores que lutaram pelos seus direitos garantidos no dissidio da categoria.  

    O contrato emergencial da Estevam com a Prefeitura de Pilar do Sul, para transportar alunos do Ensino Fundamental terá vigência até o final de dezembro deste ano; ela receberá R$ 6,35 por quilômetro rodado e o valor não deverá ser reajustado. O contrato para prestar o mesmo serviço no próximo ano será obrigatório certame.

    Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição!      

Salto de Pirapora - GM e PM surpreendem homem do tráfico no Jd Pauistano



    APÓS RECEBER DENÚNCIA DE TRÁFICO DE DROGA, os guardas municipais Braga e Maurício solicitaram apoio de uma equipe da Polícia Militar para averiguar a denúncia. Guardas e policiais foram até uma construção inacabada na Rua Doutor Osmar Maciel, no Jardim Paulistano. 

    As equipes chegaram em frente ao local, um homem suspeito entrou no imóvel, os guardas seguiram no encalço dele e abordaram-no. No interior do imóvel havia 22 porções de maconha prontas para venda (foto). 

    Ao ser detido, Rafael Ferreira Martins demonstrou nervosismo. Na Delegacia da cidade, o delegado Gilberto Montenegro Costa Filho registrou ocorrência de tráfico de droga artigo 33 da lei 11.343/06 e encaminhou Rafael apelidado por Espiga, para ser ouvido pelo juiz(a) em audiência de custódia no Fórum de Sorocaba. O fato aconteceu terça-feira pela manhã, 10/08.

    Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição! 

     

    

Estado-SP - Aprenda conhecer e se proteger de golpes

     DIANTE da pandemia da Covid-19, cibercriminosos intensificaram práticas de golpes virtuais explorando vulnerabilidades dos usuários. Pensando nisso, a Polícia Civil do Estado de São Paulo selecionou algumas dicas para ajudar a reconhecer os tipos de delitos praticados por meios eletrônicos e entender como se proteger.

    Algumas das recomendações e orientações foram reunidas em uma cartilha lançada no início do ano. O teor do documento foi pensado e desenvolvido pelas equipes da recém-criada Divisão de Crimes Cibernéticos (DCCIBER), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), sob orientação do delegado divisionário Gaetano Vergine.

    A cartilha é um tutorial para que as pessoas não apenas se previnam dos golpes mais comuns, mas saibam o que fazer em caso de serem vítimas. É um material oficial e completo que a população pode acessar sem medo de ser ‘fake’ ou de fonte não confiável. 
 
    “Notamos que as pessoas recebiam informações desencontradas e orientações de muitas fontes que nem sempre indicavam o caminho correto, explicou a delegada Patrícia Carbone, responsável pela comunicação social do departamento.

    O material traz detalhes de dez dos mais comuns crimes atuais - clonagem de WhatsApp, boleto falso, fraudes bancárias, sites de comércio fraudulentos, golpe do falso leilão ou empréstimo, “Ransonware” (sequestro de dados), Golpe Don Juan, Sextorsão, golpes envolvendo PIX e crimes contra a honra.

    O manual estabelece práticas que devem ser cumpridas tanto para aqueles que queiram se precaver deste tipo de golpe quanto para os que já sofreram. Neste segundo caso, independentemente do tipo de fraude, é fundamental o registro do boletim de ocorrência que pode ser feito por meio da Delegacia Eletrônica [https://www.delegaciaeletronica.policiacivil.sp.gov.br/ssp-de-cidadao/]. 

Clique aqui para fazer o download do documento completo.

                     Roubos e furtos de celulares

    As forças de segurança estaduais atuam para combater tanto os crimes patrimoniais quanto os por meio eletrônico. De janeiro a junho deste ano, os casos de furtos e roubos de celulares caíram 10,08 % e 5,4% no Estado de São Paulo, respectivamente. 

    Ainda assim, certas medidas podem aumentar a segurança dos seus dados. Por isso, a Polícia Civil orienta os usuários de aplicativos bancários em dispositivos móveis a habilitar as ferramentas de segurança oferecidas nos celulares, bem como a evitar certos comportamentos que podem facilitar a ação dos criminosos. 

    É importante não guardar senhas bancárias e/ou de cartões de crédito no bloco de notas do celular ou em aplicativos de mensagens e e-mails; evitar usar a mesma senha para diferentes aplicativos ou contas bancárias; evitar entrar em sites maliciosos e não armazenar fotos de cartões de crédito ou de débito nas bibliotecas de imagens.
 
    Também é fundamental que não sejam fornecidos a terceiros senhas, dados de autenticação ou conteúdo de mensagens. Além disso, caso o usuário receba mensagens de remetente desconhecido seja por aplicativos ou e-mails, ele deve providenciar o bloqueio do contato de quem enviou.

    A Polícia Civil também sugere a utilização dos sistemas de segurança da sua operadora e do telefone celular, como o PIN do chip, autenticações em dois fatores e demais ferramentas; do acesso por biometria aos serviços financeiros.

    Caso seu celular seja extraviado, roubado ou furtado é essencial a alteração das senhas bancárias. Caso tenha aplicativo do banco instalado no dispositivo eletrônico, é importante fazer contato com o gerente para noticiar o ocorrido.

    O usuário ainda deve entrar em contato com sua operadora para o bloqueio do chip; registrar o boletim de ocorrência e solicite o bloqueio do IMEI; mudar as senhas de todos os sites e aplicativos usados no aparelho e, caso utilize-se do WhatsApp, é preciso comunicar a plataforma e solicitar o bloqueio da conta pelo e-mail support@whatsapp.com, reportando o ocorrido. 

                 Unidade especializada da Polícia Civil

    A DCCIBER, criada pelo Governo do Estado de São Paulo no final do ano passado, é uma superestrutura para apurar e reprimir infrações penais cometidas por meios eletrônicos, com envolvimento de organizações criminosas ou com emprego de recursos de alta tecnologia.

    Além disto, estende para todo o território nacional as investigações dos cibercrimes, já que os delitos cometidos por meios eletrônicos utilizam a rede mundial de computadores, permitindo que os criminosos sediados em um estado façam vítimas em outras unidades federativas.

    A Divisão de Crimes Cibernéticos está em permanente contato com os bancos e realiza reuniões para discussão de propostas visando ao aprimoramento de medidas preventivas especializadas que dificultem as ações dos golpistas virtuais e que possam mitigar os prejuízos das vítimas.

    Reproduzido da Secretaria de Segurança Pública-SP

segunda-feira, 9 de agosto de 2021

Votorantim/Piedade - Encontrado o corpo do pai do menino que faleceu ao afogar-se na represa Itupararanga

    CORPO DE BOMBEIROS localizou o corpo de Arisvaldo Lopes boiando na represa Itupararanga. Ao resgatar o corpo houve o encontro do celular da vítima, desaparecida. Em 01 de agosto deste ano, o filho de Arisvaldo fora encontrado boiando na represa.

    O menino de 08 anos foi levado à Unidade de Pronto Atendimento, no Parque Jatai, em Votorantim, e lá fora constatado seu óbito. 

    O carro de Arisvaldo  estava próximo ao local onde o menino fora encontrado. O pai estava desaparecido. Familiares e o Corpo de Bombeiros realizaram buscas por 07 dias e obtiveram êxito ao encontrar o corpo de Arisvaldo no final da tarde de domingo, 08/08. Pai e filho moravam em Parque da Torre, Piedade.

    Não dá para viver sem notícia! 

domingo, 8 de agosto de 2021

Estado-SP - Operação São Paulo Mais Seguro Apreende 200 Kg de drogas e detém 170 pessoas

     A POLÍCIA MILITAR desencadeou entre as madrugadas de quinta-feira 05/08 e sexta-feira (6), a 89º edição da Operação São Paulo Mais Seguro em todo o Estado de São Paulo. A ação tem a finalidade de garantir a continuidade da redução dos indicadores criminais, aumentando a presença ostensiva para melhorar a percepção de segurança das pessoas e combater o crime.

    Com a mobilização de 16.304 policiais militares e emprego de 7.270 viaturas e 11 helicópteros, as atividades foram distribuídas em 1.386 pontos estratégicos apontados pelo serviço de inteligência da PM, para impedir possíveis ações criminosas.  

    A ação resultou na detenção de 172 pessoas, sendo 123 presas e/ou apreendidas e 49 procurados pela Justiça capturados. Também foi apreendida mais de 212,9 quilos de drogas e cinco armas de fogo ilegais.

    Durante a operação mais de 9,1 mil veículos foram vistoriados, sendo recuperados 25 oriundos de roubo ou furto. A PM também autuou 43 motoristas por consumo de álcool, recusa ao teste do bafômetro e embriaguez ao volante.

    Reproduzido da Secretaria de Segurança Pública-SP

sexta-feira, 6 de agosto de 2021

Estado-SP - Record de apreensão de drogas



    TRABALHO DAS POLICIAIS  Civil e Militar no Estado de São Paulo para combater o tráfico de drogas retirou mais de 150 toneladas de entorpecentes das ruas, nos primeiros seis meses deste ano. 

    A quantidade é a maior para o período em 21 anos e 50,1% maior que a do primeiro semestre de 2020, o que demonstra a efetividade das ações empregadas, especialmente por parte de unidades especializadas de ambas as Instituições.


    No primeiro semestre do ano foram apreendidos 150.033,8 quilos das mais variadas substâncias, sendo 130.868,2 kg de maconha; 14.263,9 kg de cocaína; 2.013,6 kg de crack; e o restante de outros tipos de drogas. Em igual período de 2020 foram recolhidos 99.946,5 kg de entorpecentes – 85.777,8 kg de maconha; 11.060,1 kg de cocaína; 926,3 kg de crack; além de outras substâncias.


    Desde 2001, quando teve início a série histórica, essa foi a primeira vez que a quantidade de drogas apreendidas no semestre ultrapassou 100 toneladas.

    Se analisado apenas o mês de junho, o aumento na apreensão de entorpecentes no território paulista foi de 57,1% este ano, se comparado ao sexto mês do ano anterior. A quantidade passou de 26.285,9 kg para 41.296,8 kg, sendo que no mês passado 94,3% do total se refere apenas a maconha (38.977,6 kg).


                               Forte combate ao crime

    Os resultados apresentados na atual gestão no combate à criminalidade, especialmente ao tráfico de drogas, são consequência dos investimentos em tecnologia e equipamentos e de outras medidas, como o aumento do efetivo policial nas ruas por meio das megaoperações São Paulo, Interior e Rodovia Mais Segura.

    Também houve forte empenho do governo estadual para ampliar as unidades especializadas das polícias Militar e Civil, que têm como foco combater o crime de maneira mais ostensiva. 

    Prova disso são os Batalhões de Ações Especiais de Polícia (Baep), que atuam de forma semelhante aos padrões do patrulhamento de Choque e agora estão presentes em todo o Estado; além das Divisões Especializadas de Investigações Criminais (Deic), que reúnem todas as atividades de polícia especializada, trazendo mais organização e eficiência, podendo ser encontradas em diversas regiões do território paulista.

    Somado a isso, há que destacar o trabalho do policiamento rodoviário, que atua em mais de 20 mil quilômetros de rodovias estaduais, inclusive nas rotas usadas por traficantes para transportar entorpecentes dentro e entre estados. Neste caso, também há equipes especializadas para combater esta e outras naturezas criminais, as quais pertencem ao Tático Ostensivo Rodoviário (TOR).

    Reproduzido da Secretaria de Segurança-SP  

quarta-feira, 4 de agosto de 2021

Pilar do Sul - Administração pública insensata

     FINAL DE JULHO, a empresa Santa Fé recolheu seus ônibus deixando a população sem transporte público, isso tem causado transtorno àqueles que necessitam do transporte para trabalhar, ir ao banco, ao médico e outros compromissos.

    A empresa adotou essa medida porque perdeu o serviço para transportar os alunos. O prefeito Marco Aurélio Soares sabia muito bem que a Santa Fé não permaneceria transportando passageiros, pelo fato da receita ser insignificante. No entanto, o prefeito não antecipou-se para evitar a falta de ônibus, ele optou pelo que pode ser entendido como deixa acontecer depois eu vejo o que faço. 

    Até o momento a única iniciativa da administração foi um secretário ligar para a empresa Santa Fé e implorar para disponibilizar o transporte público. A resposta foi não, nem adianta insistir. Sem cessar, o povo exige a volta do transporte público, isso acontece pela internet ou pessoalmente no Paço, mas não consegue falar com prefeito ou vice-prefeito, a informação é que ambos estão ocupados

    Alguém atende os reclamantes no Paço e limita-se dizer que a culpa é da Santa Fé. Os reclamantes dizem que é dever da administração resolver a situação, ainda afirmam que desde que iniciou o sistema de transporte público em Pilar nunca fora interrompido. 

    Quem conhece a postura da atual administração há de convir comigo que essa circunstância pode permanecer alimentada pela insensatez e não compreender que falta de ônibus prejudica o cidadão menos favorecido que não tem alternativa. 

    Merece rejeição! 

terça-feira, 3 de agosto de 2021

Estado-SP - Operação Rodovia Mais Segura recupera 30 veículos, apreende armas, drogas e detém 120 pessoas

     POLÍCIA MILITAR de São Paulo realizou, desde a 0 hora de domingo (01/08) mais uma edição da operação “Rodovia Mais Segura”. A ação foi deflagrada em todo Estado de São Paulo até a madrugada de segunda-feira (2).

    Com a finalidade de combater a criminalidade e prevenir infrações, garantindo a segurança nas rodovias, 19.415 policiais militares foram mobilizados, com o emprego de 8.663 viaturas e 11 helicópteros.

    Durante a operação, 90 pessoas foram presas e 39 procurados capturados. Mais de 12,5 mil veículos foram vistoriados e 370 motoristas autuados por consumo de álcool, recusa ao teste do bafômetro ou dirigir embriagado. A PM também apreendeu seis armas de fogo ilegais e 7,7 quilos de drogas, além recuperar 34 veículos produtos de roubo ou furto.

    Participaram da ação várias divisões da Polícia Militar, como as unidades especializadas, Forças Táticas, Batalhões de Ações Especiais de Polícia (Baeps), policiamento de choque, territorial e ambiental, bem como Comando do Policiamento Rodoviário. Drones e cães farejadores também foram empregados na operação.

    Nas vias urbanas da Capital, a fiscalização foi realizada pelo Comando de Policiamento de Trânsito. As equipes permaneceram em locais estratégicos, apontados pelo serviço de inteligência da PM, para sufocar possíveis ações de criminosos.

    Reproduzido da Secretaria de Segurança-SP

segunda-feira, 2 de agosto de 2021

Estado-SP - Operação São Paulo Mais Seguro detém 130 pessoas apreende 19 Kg de entorpecentes

      POLÍCIA MILITAR desencadeou entre as madrugadas de quinta-feira, 29/07 e sexta-feira (30), a 88º edição da Operação São Paulo Mais Seguro em todo o Estado de São Paulo. A ação tem a finalidade de garantir a continuidade da redução dos indicadores criminais, aumentando a presença ostensiva para melhorar a percepção de segurança das pessoas e combater o crime.

    Com a mobilização de 16.499 policiais militares e emprego de 7.267 viaturas e 11 helicópteros, as atividades foram distribuídas em 1.349 pontos estratégicos apontados pelo serviço de inteligência da PM, para impedir possíveis ações criminosas.  

    A ação resultou na detenção de 135 pessoas, sendo 89 presas e/ou apreendidas e 46 procurados pela Justiça capturados. Também foi apreendida mais de 19,5 quilos de drogas e seis armas de fogo ilegais.

    Durante a operação mais de 9,1 mil veículos foram vistoriados, sendo recuperados 20 oriundos de roubo ou furto. A PM também autuou 49 motoristas por consumo de álcool, recusa ao teste do bafômetro e embriaguez ao volante.

    Reproduzido da Secretaria de Segurança-SP

domingo, 1 de agosto de 2021

Pilar do Sul - Permanece impasse entre Viação Estevam, Prefeitura e Sindicato; temendo paralisação da empresa, Prefeitura planeja transportar os alunos

 


    REUNIÃO ENTRE VIAÇÃO ESTEVAM e o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários na sede da entidade em Sorocaba, na última sexta-feira, 30/07, não resultou em acordo. A Estevam rejeitou contratar os trabalhadores da empresa de ônibus Santa Fé e se dispôs pagar salário de R$ 1.590,00 e uma cesta básica.

          Por que Sindicato não aceitou a proposta

    A entidade sindical considerou a proposta absurda pelo fato da Convenção Coletiva garantir salário de R$ 3.200,00 aos motoristas e para agentes de bordo (monitora) salário R$ 1.400,00, mais 30 vale-alimentação, cesta básica, plano de saúde familiar, convênio odontológico e PLR participação nos lucros ou resultados. 

          Risco da empresa ser paralisada

    Naufragada a possibilidade de acordo, após o término da reunião com a Estevam, o vice presidente do Sindicato, Francisco França encaminhou ofício informando ao prefeito de Pilar do Sul, Marco Aurélio Soares, que não houve acordo e solicitou ao prefeito intervir junto a empresa Estevam para ela cumprir as normas da convenção coletiva da categoria.

    Caso isso não ocorra as atividades poderão ser paralisadas acarretando prejuízos ao transporte escolar. Temendo paralisação da Estevam, o prefeito teria ordenado sua equipe elaborar planejamento com objetivo da frota própria transportar os alunos no início do segundo semestre deste ano, que terá 50% dos alunos em sala de aula. 

    Aqui a notícia chega chegando!