sábado, 18 de setembro de 2021

Coluna do Linguarudo - Maré alta para transporte clandestino

     TRANSPORTE CLANDESTINO de passageiros em São Paulo sempre desafiou orgãos de fiscalização e as empresas detentoras de concessão nas rodovias estaduais. As peruas e os ônibus assumem escassez de ônibus nos horários de pico e principalmente nos intervalos de um horário para outro.  A demanda não quer saber se o transporte é clandestino, para o passageiro o que interessa é ele chegar ao destino pretendido.

    Com a intensidade da pandemia coronavírus as empresas de ônibus na região de Sorocaba que realizam transporte de passageiros interurbano reduziram oferta de carros em alguns horários e isso ampliou brecha para circulação do transporte clandestino, que antes era minguado. De Pilar do Sul para Salto de Pirapora e para Sorocaba os passageiros reclamam a falta de mais ônibus , essa situação pode despertar interesse de perueiros para assumirem os horários que os ônibus não circulam. 

    É evidente que se isso acontecer os perueiros vão iniciar transportar os passageiros de Pilar para Salto de Pirapora e vice-versa, dessa maneira pode firmar a linha clandestina de uma cidade para outra e depois disso é mão na roda para ampliar o transporte clandestino das duas cidades para Sorocaba. As empresas de ônibus que se cuidem!

   

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário