segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Coluna do Linguarudo - Mortes violentas em Pilar do Sul: precisa replanejar ações especificas urgentemente

    SERIA PILAR DO SUL um município extenso e populoso que dificulta as Policias identificarem autores de homicídios residentes no próprio município ou se moram em outra localidade? Não. Sem dúvida a polícia enfrenta entrave pois ainda não apresentou conclusão de investigação apontando responsáveis dos delitos contra a vida nos últimos três anos em vias públicas naquela cidade.  

    Existe agente da policia suspeitando que os assassinos são de outras cidades e as motivações para as mortes são acertos de contas das vitimas envolvidas com o tráfico de entorpecente. Se isso é verdade aquece a importância de resposta porque sabemos que o tráfico de entorpecente apresenta avanço sendo difícil ser abolido. É preciso atentar que os traficantes e matadores cada vez mais sentem gosto pela lei da bala imposta por eles e a tendência é inflar as estatísticas criminais. Vendem drogas e matam sem receio de consequência jurídica  . 

    Algo deve ser planejado e executado urgentemente do contrário setores da sociedade serão prejudicados. Quem vai querer morar em uma cidade sob o jugo da insegurança? Ninguém. O morador vai querer mudar de lá e quem pretender adquirir imóvel perderá o estímulo.  

    Não é razoável esperar apenas pelas Policias. É necessário criar uma força-tarefa envolvendo o executivo, o legislativo, a sociedade organizada e a promotoria de justiça para ouvir a polícia e saber os gargalos enfrentados pela Polícia Civil, e todos estenderem às mãos visando responder com rigor da lei aos criminosos e simultaneamente inibir novos homicídios.  

   

Nenhum comentário:

Postar um comentário