terça-feira, 30 de novembro de 2021

Sorocaba - Rodovias estaduais serão municipalizadas

 


    PREFEITURA DE SOROCABA recebeu segunda-feira, 29/11, confirmação que já estão em andamento os trâmites para que as Avenidas Independência e Paraná, consideradas trechos urbanos da Rodovia SP-079, sejam municipalizadas. Também está prevista a pavimentação completa da Rua Flor do Carvalho, no Éden, e a construção de dois acessos ao bairro Genebra, a partir da Rodovia Raposo Tavares (SP-270).

    “São anúncios importantes que recebemos. Tratam-se de demandas antigas e que vão beneficiar, e muito, a população. Quem ganha é a cidade de Sorocaba”, destacou o prefeito Rodrigo, durante reunião no Paço, ao lado do vice-prefeito Fernando Martins da Costa Neto; dos secretários municipais Carlos Educado Paschoini (Mobilidade e Desenvolvimento Estratégico – Semob) e Paulo Henrique Marcelo (Planejamento – Seplan); do presidente da Câmara Municipal de São Paulo, Milton Leite; do deputado estadual Rodrigo Moraes e do vereador de São Paulo, José Olímpio, além de João Luís Lopes, da diretoria da Agência Reguladora de Transportes do Estado (Artesp); Fernando Henrique Pereira, do Grupo CCR; de representantes do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e dos vereadores João Donizeti, líder do Governo na Câmara, e Fábio Simoa.

    O prefeito Rodrigo Manga comentou que a municipalização do trecho urbano da SP-079 permitirá à Prefeitura de Sorocaba investir em serviços de manutenção nessa via, que atualmente é administrada pelo Governo do Estado. A medida agiliza a realização de intervenções no local, como, por exemplo, reparos no pavimento e troca e colocação de nova sinalização, de forma a garantir mais segurança aos usuários. A via é a principal ligação entre as regiões do Éden e do Cajuru ao bairro Alto da Bo Vista e ao Centro da cidade.

    Em relação à Rua Flor de Carvalho, que tem cerca de seis quilômetros de extensão, a partir da Avenida Independência, ela apresenta trechos com pavimento deteriorado e outra parte de terra batida. O objetivo é torná-la uma via vicinal, como rota alternativa de ligação entre o Éden e a Rodovia Castello Branco (SP-280). As intervenções de pavimentação, em parceria com o Governo do Estado, vão propiciar melhor trafegabilidade em toda a extensão dessa via.

    “A construção da tão sonhada entrada do bairro Genebra, na região de Brigadeiro Tobias, é outra conquista que precisamos colaborar, sobretudo para os moradores dessa região. Muitas vidas já se perderam ali, devido a acidentes de trânsito”, apontou o prefeito. No local, a previsão é que sejam construídos dois acessos, incluindo dispositivos de retorno, para dar mais segurança aos motoristas e pedestres.

    Tanto a Semob, como a Seplan estão dando todo o apoio necessário para acelerar as três iniciativas. “Quanto à municipalização, já há processo em andamento. No caso do bairro Genebra, será necessária alteração no projeto da obra de duplicação da Raposo Tavares, que está em andamento. Para a pavimentação da Rua Flor do Carvalho, o passo seguinte é a elaboração do projeto executivo da obra. Estamos empenhados em tudo isso e em colaborar no que o Estado solicitar”, resumem os secretários municipais da Semob e da Seplan.

    Reproduzido da Prefeitura de Sorocaba

segunda-feira, 29 de novembro de 2021

Tribunal-SP - Justiça condena aplicativo por descredenciar motorista sem aviso prévio

 


    42ª VARA CÍVEL CENTRAL DA CAPITAL condenou aplicativo a indenizar motorista que foi descredenciado da plataforma sem aviso prévio. A empresa deverá pagar reparação no valor de R$ 5 mil, por danos morais, e indenizar o autor da ação em valor equivalente ao último rendimento mensal antes do desligamento.

    Consta nos autos que a requerida afirma ter bloqueado o motorista devido a más avaliações de usuários. O requerente alega que não foi dada a oportunidade de se defender das acusações, que não foram apontadas no momento do desligamento.

    De acordo com o juiz André Augusto Salvador Bezerra, é irrelevante o fato de haver cláusula contratual permitindo o desligamento abrupto pela empresa, uma das maiores do mundo, de seus parceiros, dada a enorme desigualdade de condições entre as partes. Segundo ele, o ordenamento jurídico brasileiro “não permite que, diante da extrema desigualdade entre os contratantes, a parte mais forte do vínculo contratual faça ou desfaça seus vínculos como bem quiser, como se o contrato configurasse um mero vínculo unilateral”.

    “A surpresa tal como sofreu o autor configura situação fática oposta à segurança jurídica, um dos valores básicos de qualquer economia de mercado”, afirmou o magistrado. “Não há, pois, como se ter válido o abrupto desfazimento do contrato (chamado de bloqueio), o que caracteriza o descumprimento do ajuste.”

    O juiz destacou que não é o caso de se obrigar o aplicativo a recontratar o autor da ação, mas de indenizá-lo pelo bloqueio repentino. “Em contratos de parceria de prestação de serviços, como a ré aduz ser o dos autos, normalmente há prazos de 30 dias de aviso prévio para desfazimento”, ressaltou. “Deve, então, a ré indenizar o autor em valor referente referente ao último rendimento mensal oriundo da atividade de motorista, antes do desligamento, a título de lucros cessantes”, decidiu. Além disso, os danos morais advêm do fato de ter o autor sofrido “evidentes constrangimentos e não meros aborrecimentos, sendo atingido como ser humano”.
    
    Reproduzido do Tribunal de Justiça-SP

domingo, 28 de novembro de 2021

Sorocaba - Prefeito assina concessão de imóvel para igreja promover cursos profissionalizantes

 


    A 1ª FEIRA DA SAÚDE E CIDADANIA da Paróquia São Bento, realizada sábado, 27/11, das 8h às 14h, contou com diversas atividades gratuitas para a população. A ação aconteceu em frente à igreja, na Avenida Vinícius de Moraes, no Parque São Bento, Zona Norte da cidade.

    Quem compareceu ao local pôde contar com vários serviços à disposição, como: atendimento nos Ônibus Rosa e Azul, aferição de pressão e glicemia, exame de vista, além de atendimento do Sebrae Móvel, do PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), orientação para regularização fundiária e cortes de cabelo. A Paróquia também serviu suco e bolo aos presentes.

    O prefeito Rodrigo Manga esteve presente no evento e aproveitou a ocasião para assinar a concessão à Paróquia São Bento, por 60 meses e para fins filantrópicos, de um imóvel pertencente à Prefeitura que fica na lateral da igreja. O espaço será utilizado para cursos profissionalizantes do Sebrae, destinados à comunidade local. “Os moradores do Parque São Bento merecem ser tratados com muito carinho e respeito. Para tanto, nossa Administração vem realizando um dedicado trabalho, visando trazer cada vez mais melhorias a toda essa região”, declarou o chefe do Executivo.

    Representante da Paróquia, o Pe. João Alfredo Pires de Campos, comemorou a concessão e a primeira edição da feira, realizada em parceria com a Prefeitura e demais entidades. “Esta primeira experiência está sendo muito importante para os moradores do Parque São Bento. Agradecemos ao Poder Público por este trabalho conjunto, proporcionando todos esses atendimentos à população”, salientou.

    Durante a cerimônia, o Pe. João Alfredo ainda foi homenageado pelo vereador Silvano Júnior, com uma placa de voto de congratulação pelo aniversário de 38 anos de Ordenação Sacerdotal e serviços prestados à comunidade.

    Moradora do bairro há 35 anos, Maria José Garcia elogiou a iniciativa. “Gostei muito do atendimento das pessoas nos serviços oferecidos aqui. Isso mostra muito da atenção que o povo vem recebendo”, destacou.

    Prestigiaram a 1ª Feira da Saúde e Cidadania da Paróquia São Bento, além do prefeito Rodrigo Manga e do Pe. João Alfredo Pires de Campos, os secretários municipais Luiz Henrique Galvão (Relações Institucionais e Metropolitanas), Samyra Toledo (Governo) e Clayton Lustosa (Cidadania), além do coordenador do Concilia Sorocaba, Fabrício Mena. Representando a Câmara Municipal de Sorocaba, estiveram os vereadores Silvano Júnior, Vitão do Cachorrão e Cícero João.

    Reproduzido da Prefeitura de Sorocaba

Tribunal-SP - Professora aprovada em concurso com diploma falso é condenada devolver salários ao Estado



    A 2ª CÂMARA DE DIREITO PÚBLICO do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve decisão do juiz Rafael Tocantins Maltez, da 2ª Vara da Fazenda Pública de Guarulhos, que condenou por improbidade administrativa professora aprovada em concurso público com diploma falso. Ela deverá  ressarcir a Fazenda Pública em R$ 90.796,15.

    A ré foi admitida pelo Estado de São Paulo, mediante aprovação em concurso público, para o cargo de Professora de Educação Básica II. Porém, em processo administrativo, descobriu-se que ela utilizou histórico escolar do ensino médio e diploma do ensino superior falsos para preencher os requisitos do cargo. Ela atuou na rede pública de 14.02.2005 a 23.08.2012.


    Em seu voto, o desembargador Carlos Von Adamek, relator do recurso, afirmou que a conduta caracteriza dolo ou má-fé, uma vez que as provas dos autos demonstram que a ré tinha pleno conhecimento da falsidade. “Diante da conduta reprovável da requerida, restou caracterizada sua má-fé, o que resulta a obrigação de restituir os valores indevidamente auferidos”, destacou o magistrado. Completaram o julgamento os desembargadores Vera Angrisani e Renato Delbianco. A votação foi unânime.


    Reproduzido do Tribunal de Justiça-SP

  

    

sábado, 27 de novembro de 2021

Estado-SP - Operação São Paulo Mais Seguro detém 100 pessoas, recupera 33 veículos roubados e apreende

        POLÍCIA MILITAR desencadeou entre as madrugadas de quinta-feira,  25/11 e sexta-feira (26), mais uma edição da Operação São Paulo Mais Seguro em todo o Estado de São Paulo. 

    A ação tem a finalidade de garantir a continuidade da redução dos indicadores criminais, aumentando a presença ostensiva para melhorar a percepção de segurança das pessoas e combater o crime.

    Com a mobilização de 16.172 policiais militares e emprego de 7.231 viaturas e 11 helicópteros, as atividades foram distribuídas em 1.147 pontos estratégicos apontados pelo serviço de inteligência da PM, para impedir possíveis ações criminosas.  

    A ação resultou na detenção de 102 pessoas, sendo 65 presas e/ou apreendidas e 37 procurados pela Justiça capturados. Também foram apreendidos 30 quilos de drogas e seis armas de fogo ilegais.

    Durante a operação mais de 9,6 mil veículos foram vistoriados, sendo recuperados 33 oriundos de roubo ou furto. A PM também autuou 92 motoristas por consumo de álcool, recusa ao teste do bafômetro e embriaguez ao volante.

    Reproduzido da Secretaria de Segurança-SP


quinta-feira, 25 de novembro de 2021

Região de Sorocaba - Estatística aponta menos mortes violentas e latrocinios



    A REGIÃO DE SOROCABA terminou o mês de outubro com redução nos casos e vítimas de homicídios dolosos e latrocínios, assim como apresentou queda nas ocorrências de estupros e nos roubos de veículos. 

    Os indicadores de extorsões mediante sequestro e roubos a bancos permaneceram zerados e as taxas de mortes intencionais foram as menores da série histórica, iniciada em 2001.

    No mês passado foram contabilizados 16 boletins e vítimas de morte intencional na região – um recuo de um caso e três vítimas, se comparado a outubro de 2020, quando houve 17 ocorrências com 19 vítimas. Os totais atuais são os segundos menores da série.


    Com a redução, as taxas dos últimos 12 meses (de novembro de 2020 a outubro de 2021) caíram para 5,45 ocorrências e 5,81 vítimas de homicídio doloso para cada grupo de 100 mil habitantes. Os índices também são os menores da série para o período.


    A tendência se estendeu para os roubos seguido de morte. Os indicadores de casos e vítimas deste crime passaram de 3 para 1, se analisado o décimo mês de 2020 e 2021. As somas atuais são as segundas menores da série. Em comparação com outubro do ano anterior, a região apresentou recuo de 2,8% nas ocorrências de estupro, no mês passado. O número passou de 106 para 103.

    Reproduzido da Secretaria de Segurança-SP


Tribunal-SP - Justiça condena advogado por cobrança de valores indevidos

 


    A 45ª VARA CÍVEL DA CAPITAL condenou advogado e escritório pela cobrança de valores apropriados indevidamente de cliente, provenientes de depósitos recursais em reclamações trabalhistas feitos pelos autores da ação. Além da reparação solidária por danos morais, fixada em R$ 12 mil, os réus foram condenados a restituir o montante de R$ 85,6 mil, atualizados e corrigidos desde as datas de desembolsos, referentes a depósitos recursais cobrados pelo advogado.

    De acordo com os autos, os sócios contrataram o escritório de advocacia para a defesa da empresa em diversas reclamações trabalhistas, mas por desídia do contratado – que deixou de passar informações importantes sobre o andamento dos processos –, os sócios sofreram bloqueios de contas, perda de chance e danos morais.


    O juiz Guilherme Ferreira da Cruz considerou que os requeridos agiram com “intenso dolo de enganar” ao não realizar os depósitos recursais, sendo devida a restituição. Além disso, foi verificada “inexecução obrigacional que ultrapassa o limite do aceitável – retenção indevida de valores e desídia no exercício da advocacia”, resultando no dever de indenizar por danos morais.


    O magistrado também aplicou ao caso a teoria da "perda de uma chance", que analisa as reais possibilidades de êxito do processo, eventualmente perdidas diante da negligência do advogado. Segundo ele, a teoria “visa a reparar o dano material ou moral – ou mesmo os dois juntos – decorrente da lesão de uma legítima expectativa, não mera esperança subjetiva ou remota expectativa aleatória, que não se concretizou porque determinado fato interrompeu o curso normal dos eventos e impediu a realização do resultado final esperado”.


    “A chance deve ser séria e real, não ficando adstrita a percentuais apriorísticos, a ultrapassar a expectativa abstrata do improvável. Real é a chance que, em verificação antecedente, liga-se a um juízo objetivo de probabilidade, quase um indício de certeza, não mera hipótese”, completou o magistrado. Cabe recurso da decisão.


    Reproduzido do Tribunal de Justiça-SP

 

quarta-feira, 24 de novembro de 2021

Sorocaba/Pilar do Sul - Advogado Eduardo Freitas é preso por suspeição de responsabilidade na morte da vendedora de veículos Carol Nicoletti

 


    A JUSTIÇA expediu ordem de prisão temporária em desfavor do advogado Eduardo Freitas, que tem escritório de advocacia próximo da Associação Comercial de Pilar do Sul. 

    Desde que a vendedora de veículos Carol Nicoletti fora encontrada morta com tiro na cabeça no apartamento dela em Vanel Wille, Sorocaba, o advogado Eduardo (foto), que é ex-padrasto de Carol, é o principal suspeito. A polícia cumpriu o mandado quarta-feira, 24/11. Relembre o caso abaixo.

Sorocaba/Pilar do Sul - Vendedora de veículos é morta em seu apartamento

 


    A POLÍCIA DE SOROCABA vai investigar a morte violenta da vendedora de veículos Carol Pascuin Nicoletti de 24 anos. Sábado pela manhã, 13/11, Carol não chegou na loja de veículos que ela trabalhava em Sorocaba. Alguém informou o fato à família dela. 

    Familiares de Carol dirigiram-se ao apartamwento dela no Bairro Wanel Ville, em Sorocaba, e no inteior do imóvel encontraram a moça sem vida, com sinal de tiro em sua testa. Os familiares perceberam falta da carteira e do celular da moça. 

          

Estado-SP - Rodovia Mais Segura detém 150 pessoas e recupera veículos roubados

     POLÍCIA MILITAR de São Paulo realizou, desde a 0 hora de domingo, 21/11, mais uma edição da operação “Rodovia Mais Segura”. A ação foi deflagrada em todo o Estado de São Paulo até a madrugada de segunda-feira (22).

    Com a finalidade de combater a criminalidade e prevenir infrações, garantindo a segurança nas rodovias, 17.606 policiais militares foram mobilizados, com o emprego de 7.870 viaturas e 11 helicópteros.

    Durante a operação, 121 pessoas foram presas, sete adolescentes apreendidos e 33 procurados capturados. Mais de 11,8 mil veículos foram vistoriados e 750 motoristas autuados por consumo de álcool, recusa ao teste do bafômetro ou dirigir embriagado. A PM também apreendeu sete armas de fogo ilegais e 3,7 quilos de drogas, além recuperar 48 veículos produtos de roubo ou furto.

    Participaram da ação várias divisões da Polícia Militar, como as unidades especializadas, Forças Táticas, Batalhões de Ações Especiais de Polícia (Baeps), policiamento de choque, territorial e ambiental, bem como Comando do Policiamento Rodoviário. Drones e cães farejadores também foram empregados na operação.

    Nas vias urbanas da Capital, a fiscalização foi realizada pelo Comando de Policiamento de Trânsito. As equipes permaneceram em locais estratégicos, apontados pelo serviço de inteligência da PM, para sufocar possíveis ações de criminosos.

    Reproduzido da Secretaria de Segurança-SP

Salto de Pirapora - Marginal arremessa pedra em carro tentando roubar o veículo na Rodovia SP 264

 


    AO TRANSITAR pela Rodovia João Leme dos Santos (SP 264) e passar por baixo do viaduto do Bairro Itinga, o condutor de um automóvel visualizou três carros parados no acostamento e um indivíduo sinalizando com o braço.

    O condutor imaginou que seria acidente e parou seu carro. Naquele momento o indivíduo que sinalizou com o braço arremessou uma pedra que atingiu o parabrisa do automóvel (confira na foto).  

    O motorista conseguiu movimentar o carro rápido e escapou do plano de assalto. Não existe informação a respeito dos condutores e passageiros dos três veículos que lá estavam no acostamento. Fato aconteceu terça-feira à noite, 23/11. É preciso o condutor(a) estar atento à esse tipo de cilada e se visualizar situação suspeita não reduza velocidade do veículo; chame a Polícia.

    Não dá para viver sem notícia!

terça-feira, 23 de novembro de 2021

Pilar do Sul - Júri condena homem que matou o irmão a facadas

 


    TRIBUNAL DO JÚRI condenou Silvio Godinho, porque em abril de 2020, ele discutiu e golpeou seu irmão Sidnei Godinho causando-lhe óbito. O crime ocorreu na residência deles no Jardim Ipê, periferia de Pilar do Sul. A polícia prendeu Silvio no interior da residência.

    Em 12 de novembro, Silvio foi levado ao julgamento em Pilar do Sul. Sessão presidida pela juiza Thais Galvão, na acusão o promotor Luis Fernando Guinsberg, o defensor do réu, o advogado Eder Lima Fresneda. 

Após os jurados votarem pela reprimenda por homicídio simples artigo 121 caput C.P, a juíza aplicou detração penal (computou período do réu preso) e impôs-lhe cumprimento de 4 anos e 8 meses em regime aberto, e parte da punição tratamento ambulatorial até 3 anos, pois Silvio apresenta suposta dependência de bebida alcoólica. Como o regime é aberto Silvio ganhou a liberdade. 

    Quem comete crime está sujeito a pão de angústia e água de amargura!

Sorocaba - Ministro da Saúde visita Sorocaba e anuncia transplante de medula óssea

 


    PELA PRIMEIRA VEZ NA HISTÓRIA, Sorocaba contará com o serviço de transplante de medula óssea para atender a cidade e toda região. A assistência será realizada no Hospital do GPACI (Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil) e foi possível por meio da intermediação do deputado federal Capitão Derrite. A previsão é que o serviço de transplante seja iniciado a partir de 2022.

    O anúncio foi feito na manhã de segunda-feira, 22/11, pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que visitou a cidade acompanhado do prefeito de Sorocaba, Rodrigo Manga, dos deputados federais Capitão Derrite e General Pertinelli e do superintendente estadual de São Paulo do Ministério da Saúde, José Carlos Paludeto.

    Durante sua visita a Sorocaba, o ministro também almoçou com o prefeito e os principais gestores de Saúde do município e se colocou à disposição para ajudar no que for preciso. Entre os participantes do almoço, estiveram o presidente da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Sorocaba, Padre Flávio Miguel Júnior, e os diretores do grupo BOS (Banco de Olhos de Sorocaba), Sérgio Gabriel e Pascoal Martinez Munhoz.

    Em seguida, o ministro e as demais autoridades foram até o Hospital do GPACI (Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil) para conhecer a nova ala que realizará o transplante de médula óssea. Logo após, houve uma reunião com a presidente do GPACI, Maria Lúcia Neiva de Lima, a vice-presidente, Gláucia Blazeck, o diretor técnico, Dr. Gustavo Neves, o diretor clínico, Dr. Fábio Bernardes, e o administrador hospitalar, Ricardo Diacov, além do vereador Vinicius Aith. Na ocasião, foi solicitada ajuda ao ministro para aumento do teto MAC (Teto Financeiro de Média e Alta Complexidade) para Oncologia do DRS XVI (Departamento Regional de Saúde), que contempla 48 cidades.

    Ao final de sua visita, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, conheceu a APADAS (Associação de Pais e Amigos de Deficientes Auditivos de Sorocaba), que é um Centro de Referência na área da deficiência auditiva e atende mais de 20 mil crianças, jovens, adultos e idosos dos 48 municípios da região de Sorocaba. Na ocasião, a fundadora e fonoaudióloga da APADAS, Maria Angelina Nardi Martinez, pediu aumento de repasse à instituição, para ampliar o atendimento em toda a região.

    “O presidente Bolsonaro me pediu para que desse uma atenção especial a Sorocaba. Nós sabemos sobre o excelente trabalho que o Prefeito Rodrigo Manga vem realizando em parceria com seus prestadores e parceiros da cidade na área da saúde. Hoje, credenciamos o transplante de medula óssea e vamos trabalhar para fazer nosso SUS cada vez mais forte”, destaca o ministro.

    O prefeito Rodrigo Manga agradeceu a vinda do ministro e a importante parceria com o deputado federal Capitão Derrite. “O deputado Derrite tem sido um parceiro e um amigo da cidade de Sorocaba. Em nome da cidade, agradeço a sua visita e do ministro. Que a gente possa, juntos, fazer cada vez mais uma Sorocaba melhor e resgatar o orgulho do cidadão sorocabano”, enfatiza.

    Reproduzido da Prefeitura de Sorocaba

Justiça condena agiota e seus comparsas por cometerem crimes contra família devedora



    3ª VARA CRIMINAL da Comarca de Araraquara condenou agiota pelos crimes de usura, ameaça, extorsão, sequestro, lavagem de dinheiro e associação criminosa cometidos contra família que lhe devia dinheiro. 

    As penas foram fixadas em 28 anos, sete meses e seis dias de reclusão, em regime inicial fechado, e cinco anos de detenção, em regime semiaberto. Outros quatro integrantes da quadrilha foram sentenciados a penas que variam de 13 anos e cinco meses de reclusão em regime fechado a cinco anos e dez meses de reclusão em regime semiaberto. Também foi tornada sem efeito a alienação de imóvel para uma ré, feita sob coação.

Consta nos autos que a vítima devia dinheiro ao líder da quadrilha. Para obter os valores, os réus ameaçaram o devedor e sua família, sequestraram-no e fizeram com que ele transferisse o imóvel de sua mãe para uma das acusadas. “As provas produzidas nos autos, tanto documental, quanto pericial e testemunhal, obtidas inclusive cautelarmente e, após, durante a instrução criminal, revelam com segurança e propriedade a prática, pelos acusados, dos crimes que lhes foram imputados na denúncia”, afirmou o juiz Roberto Raineri Simão na sentença.

“Cumpre salientar que a prática da usura, além de constituir crime, nos termos do artigo 4º, "a", da Lei dos Crimes contra a Economia Popular, configura verdadeiro desrespeito aos Direitos Humanos, uma vez que o agente, comumente denominado de agiota, explora suas vítimas através da cobrança de juros excessivo e exorbitantes nos empréstimos de dinheiro concedido a estas”, destacou o magistrado.

    Reproduzido do Tribunal de Justiça-SP

segunda-feira, 22 de novembro de 2021

Pilar do Sul - Moça teria sofrido apagão ao volante



   MOÇA dirigia um automóvel Corsa pela Avenida Papa João XXIII, em frente a loja Passarela, e teria sofrido apagão ao volante. 

    O veículo capotou e ficou com as quatro rodas para cima. Mayara Toledo sofreu lesões aprantemente leves. 

    Uma ambulância socorreu a vítima e levou-a para a Santa Casa de Misericórdia daquela cidade. A autolesão ocorreu segunda-feira à tarde, 22/11. 

    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato  

 

Tribunal-SP - Médico é condenado por injúria racial contra duas auxiliares de serviços gerais



    A 7ª CÂMARA DE DIREITO PRIVADO do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve decisão do juiz Marcelo Augusto de Moura, da 2ª Vara Cível de Franca, que condenou réu a indenizar, por danos morais, duas pessoas vítimas de injúria racial. O valor da reparação foi fixado em R$ 20 mil para cada autora.

De acordo com os autos, os três trabalhavam no mesmo local – elas como auxiliares de serviços gerais em Unidade Pronta de Atendimento e ele como médico. Na data dos fatos, durante o intervalo para descanso, no refeitório, o réu, na presença de outros funcionários, apontou o dedo para ambas e declarou: “ainda bem suas negrinhas se não fossem os escravos virem de Angola não sei o que seria… temos que agradecer por terem existido os escravos”.

Em seu voto, o desembargador Rômulo Russo, relator do recurso, pontuou que o acusado, valendo-se de seu cargo dentro da instituição, referiu-se às autoras de forma depreciativa em razão de sua raça, externando ideia supremacista no sentido de que seria benéfico aos negros africanos sua escravização no continente americano. 

    “Verificado o grau de reprovabilidade da conduta, (...) o arbitramento da indenização por danos morais deverá cumprir sua dupla finalidade, ou seja, as funções dissuasória e punitiva. A gravidade da ofensa perpetrada e o contexto de sua ocorrência justificam o arbitramento da indenização segundo o patamar máximo de R$ 20.000,00 para cada autora, dentre os precedentes colhidos”, escreveu. O julgamento, de votação unânime, teve a participação dos desembargadores Maria de Lourdes Lopez Gil e José Rubens Queiroz Gomes.

    Reproduzido do Tribunal de Justiça-SP

Estado-SP - Operação Interior Mais Seguro recupera 56 veículos e detém 120 pessoas

     POLÍCIA MILITAR desencadeou quinta-feira, 18/11, a Operação Interior Mais Seguro em todo o Estado de São Paulo, nas regiões em que há áreas rurais, com a finalidade de garantir a continuidade da redução dos indicadores criminais, aumentando a presença ostensiva para melhorar a percepção de segurança das pessoas e combater o crime.  A ação se estendeu até a manhã desta sexta-feira (19).

    A operação contou com a mobilização de 13.880 policiais militares, com o emprego de 6.086 viaturas e 11 helicópteros, distribuídos em 1.045 pontos. As equipes permaneceram em locais estratégicos nas áreas rurais, apontados pelo serviço de inteligência da PM, para sufocar possíveis ações de criminosos.

    Além do policiamento preventivo, também atuaram com foco em receber das comunidades rurais informações que apontem melhorias da segurança local bem como os policiais militares foram agentes estimuladores do Programa Vizinhança Solidária.

    A ação resultou em 76 pessoas presas e/ou apreendidas e 48 foragidos capturados. Também houve a apreensão de aproximadamente 95,6 quilos de drogas e mais de 6,2 mil veículos foram vistoriados, sendo 27 motoristas autuados por consumo de álcool, recusa ao teste do bafômetro e embriaguez ao volante. A PM também recuperou 56 veículos produtos de roubo ou furto e retirou das ruas cinco armas de fogo ilegais.  

Reproduzido da Secretaria de Segurança-SP 

domingo, 21 de novembro de 2021

Estado-SP - Menor taxa de crimes violentos do país

     RECENTES dados do Monitor da Violência, parceria do portal de notícias G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (NEV-USP) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, confirmam que São Paulo é o estado mais seguro, com a menor taxa de crimes violentos para se viver no país. 

    Divulgado na quinta-feira, 18/11, o levantamento confirmou as tendências apontadas mês a mês pelas estatísticas criminais disponibilizadas pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo com as menores taxas de mortes violentas entre todas as unidades da federação.

    A pesquisa, que contabiliza o número de vítimas de homicídios dolosos (incluindo os feminicídios), latrocínios e lesões corporais seguidas de morte, mostra que as taxas de mortes violentas de São Paulo permanecem, sempre abaixo de 1 a cada grupo de 100 mil habitantes, na análise mês a mês, de janeiro a setembro deste ano. Apenas o Distrito Federal apresentou uma taxa menor que SP no mês de março – os índices foram de 0,4 e 0,6 respectivamente. Além disso, Santa Catarina ficou com a taxa igual a de SP no nono mês do ano – 0,60.

    Seguindo a tendência, em todos os demais meses de 2021, as taxas de mortes violentas entre os paulistas foram as menores do Brasil. Aliás, o índice de São Paulo é quase três vezes menor que o do país, na comparação do mês de setembro. A taxa no Brasil ficou em 1,59 mortes para cada grupo de 100 mil habitantes.

                              Reduções em números

    São Paulo teve queda de 3,38% nos crimes violentos nos primeiros nove meses de 2021 em relação a igual período do ano passado. O número passou de 2.457 para 2.374 – 83 a menos. Se considerar apenas o número de vítimas de homicídios, São Paulo teve queda de 1,76% nos primeiros nove meses de 2021 em relação a igual período do ano passado.

    No Brasil, de janeiro a setembro deste ano, foram registradas 30.954 mortes violentas, contra 32.471 nos mesmos meses de 2020. Ou seja, 1.517 a menos.

    Reproduzido da Secretaria de Segurança Pública-SP

sábado, 20 de novembro de 2021

Sorocaba - Programa Viver Melhor vai investir R$ 4 milhões em reforma de 280 moradias no Parque das Laranjeiras

 


     PREFEITURA DE SOROCABA por meio da Secretaria da Habitação e Regularização Fundiária (Sehab), em parceria com o Governo do Estado de São Paulo, anunciou sábado pela manhã, 20/11, a implantação do Programa Viver Melhor, em Sorocaba.

    O programa tem como objetivo promover dignidade e melhorias habitacionais em casas que já foram regularizadas, ou que estão em fase de regularização. Cerca de 280 moradias de três núcleos habitacionais, localizados na Avenida Ulisses Guimarães, no Parque das Laranjeiras, na Zona Norte da cidade, serão reformadas e recuperadas, com investimento de R$ 4,2 milhões para solucionar problemas, como cômodos sem ventilação, presença de umidade, paredes desgastadas, ausência ou insuficiência de equipamentos hidráulicos e instalações elétricas, precariedade na conexão com redes de abastecimento de água e coleta de esgoto, acessos precários ao domicílio, vedações insuficientes, dentre outros.

   O trabalho a ser desenvolvido pela CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) engloba três etapas: vistoria no local para avaliar a moradia e suas necessidades, coleta da assinatura do morador no termo de adesão e execução das obras de melhoria. Além disso, a empresa responsável também irá contratar pessoas do bairro para trabalhar nessa ação, fomentando o emprego e a renda.

Após a conclusão de todos os trabalhos, a Prefeitura de Sorocaba e o Governo do Estado farão um grande evento, para a entrega de todas essas benfeitorias aos moradores.

O programa foi anunciado aos moradores no próprio bairro, onde várias autoridades estaduais e municipais se reuniram com o prefeito Rodrigo Manga. Estiveram presentes os secretários municipais Tiago da Guia (Habitação e Regularização Fundiária – Sehab); Márcio Carrara (Educação – Sedu); e Fernanda Burattini (Comunicação – Secom); além de Evandro Bueno, ouvidor-geral do Município; Dr. André Moron, chefe de Gabinete; os vereadores Cícero João e Cláudio Sorocaba, presidente da Câmara Municipal; o secretário de Estado da Habitação, Flavio Amary; o secretário executivo da Habitação, Fernando Marangoni; o presidente da CDHU, Silvio Vasconcelos; o gerente regional da CDHU, Fábio Pilão; e o diretor executivo do programa estadual Cidade Legal, Eric Vieira.

    “Essas novidades são extremamente importantes para esta região, do Laranjeiras. Parabenizo o secretário Tiago e sua equipe, que trabalham muito para dar dignidade à população. Nesses dez meses de Gestão, já fizemos, no mínimo, quinze visitas com o secretário Flávio Amary, mostrando seu carinho por Sorocaba. E, hoje, essa união de todos, da Prefeitura com os governos estadual e federal, além da iniciativa privada, proporciona essas melhorias a todos os sorocabanos”, afirmou o prefeito Rodrigo Manga.

    “Eu estou muito feliz de poder estar aqui, hoje, com vocês, iniciando este programa tão importante em Sorocaba, que é a primeira cidade do interior de São Paulo a recebe-lo. Quero agradecer ao prefeito Manga por toda parceria que temos. Ele sabe que pode contar comigo para atender a população da cidade, em todas as áreas. Ainda, informamos que, entre os dias 6 e 12 de dezembro, a equipe do Cidade Legal vai percorrer as casas da região, para fazer o cadastro social, a fim de concluir o processo de regularização fundiária”, disse o secretário estadual da Habitação, Flávio Amary.

    Reproduzido da Prefeitura de Sorocaba

Salto de Pirapora - Rapaz é assassinado com dois tiros na cabeça

 


    SOLICITANTE informou à Guarda Municipal que havia um homem ferido por tiro, e estava caído em frente uma residência situada na Rua Irma Cremer dos Santos, Jardim Ana Guilherme. Uma guarnição sangue azul foi ao local e constatou o fato. 

    Os guardas solicitaram ambulância para socorrer o rapaz que estava incosciente, mas Tiago Tavares de 24 anos, não resistiu aos ferimentos em sua cabeça, provocados por dois tiros. 

    Tiago morava com sua família no Ana Guilherme. Aproximadamente 10 meses a trás ele conseguiu trabalho em Sorocaba e veio morar em Sorocaba. Ele visitava sua família, quando sofreu a violência. 

    No momento, as forças de segurança não sabem a motivação e nem existe suspeito de autoria. O crime ocorreu na madrugada de sábado, 20/11. 

    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato. 

sexta-feira, 19 de novembro de 2021

Sorocaba - Procom Móvel estará em 5 bairros

    PREFEITURA DE SOROCABA levará, na próxima semana, de 22 a 26 de novembro, o Procon Móvel a cinco bairros da cidade: Jardim Ipiranga, Éden, Alto da Boa Vista, Centro e Residencial Carandá. Os profissionais do órgão municipal de defesa do consumidor farão orientações, registros de solicitações, abertura de reclamações referentes ao direito do consumidor, além de encaminhamentos.


Na segunda-feira (22), das 9h às 13h, a unidade estará estacionada na Casa do Cidadão Ipiranga. Na terça-feira (23), no mesmo horário, os serviços serão oferecidos na Casa do Cidadão Éden. Quarta-feira (24) será o dia de receber a população no Paço Municipal, também das 9h às 13h. Na quinta-feira (25), o cidadão poderá procurar o Procon Móvel, das 9h às 13h, no Terminal Santo Antônio. Já, na sexta-feira (26), das 9h às 15h, o atendimento será feito no Residencial Carandá.

    O Procon, da Secretaria Jurídica (SAJ) da Prefeitura de Sorocaba, é um órgão de extrema importância para a proteção e a defesa dos direitos do consumidor, sendo um importante veículo de valorização e respeito à cidadania.

    O cidadão também pode procurar pelo atendimento presencial, de segunda a sexta-feira, na sede do Procon Sorocaba (Avenida Antonio Carlos Comitre, 330/331, Campolim), das 9h às 16h; na Casa do Cidadão Ipanema, de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 15h; e na Casa do Cidadão Nogueira Padilha, às terças e quintas-feiras, das 9h às 12h e das 13h às 15h.

    Outra opção é encaminhar solicitação ao Procon de Sorocaba, por meio do site: http://procon.sorocaba.sp.gov.br/denuncia/; telefone 151 ou, ainda, via WhatsApp: (15) 99198-2958.

    Reproduzido da Prefeitura de Sorocaba

quinta-feira, 18 de novembro de 2021

Tribunal-SP - Justiça nega pedido de passageiro impedido de viajar à Portugal por medida imposta pelo governo do país europeu

 


    A 14ª CÃMARA DE DIREITO PRIVADO do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve decisão da juíza Ana Cristina Ribeiro Bonchristiano, da 3ª Vara Cível de Osasco, que negou pedido de indenização por danos morais de autor impedido de embarcar em voo com destino a Portugal por não satisfazer as exigências impostas pelo governo do país em razão da pandemia de Covid-19. Apenas em relação à restituição do valor pago pela sua passagem com origem no Brasil e destino em Portugal o pedido foi julgado procedente, devendo a companhia aérea restituir o passageiro em R$ 1.620,43.

De acordo com os autos, o passageiro comprou duas passagens com destino a Portugal, para ele e a filha, através do site oficial da empresa ré. Após tentar sem sucesso, contato administrativo com a companhia, para confirmar a possibilidade de embarque, foi impedido de embarcar com a filha sob alegação de que estavam sendo permitidos apenas embarques de cidadãos portugueses, trabalhadores com contrato válido de trabalho em Portugal ou estudantes com visto, em razão das medidas restritivas de acesso ao país, impostas pelo próprio governo de Portugal.


Para o relator do recurso, desembargador Luis Fernando Camargo de Barros Vidal, é impossível imputar responsabilidade do não embarque à ré, que simplesmente cumpriu as regras do governo português, uma vez que o autor não apresentou a documentação necessária para a viagem e já havia enviado, via e-mail, documento de declaração de ciência dos impedimentos impostos. 


    “E nem de falta de cumprimento do dever informacional exigido do fornecedor é de se cogitar, pois o consumidor sabia do impedimento administrativo, não se podendo confundir com isto o fato de que sua pretensão de instalar contraditório no escritório da companhia área para convencer do caráter essencial de sua viagem tenha sido ignorado ou não atendido”, destacou o magistrado. O julgamento teve a participação dos desembargadores Penna Machado e Lavínio Donizetti Paschoalão. A decisão foi unânime.


    Reproduzido do Tribunal de Justiça-SP

 

quarta-feira, 17 de novembro de 2021

Salto de Pirapora - Criminoso rende comerciante e rouba seu automóvel, minutos depois que a vítima saiu com o carro da garagem



    MARGINAL simulou que portava uma arma de fogo em sua cintura e exigiu um comerciante entregar seu carro Fusca TSI branco, placa FRU 4099 Salto de Pirapora-SP (foto) . O crime ocorreu por volta das 08h30 de quarta-feira, 17/11.
 
    A vítima saiu com o carro da garagem e estacionou em frente sua residência na Rua Dorival de Barros Leite. Após o comerciante sair do carro o criminoso aproximou-se e anunciou o roubo "entrega a chave do seu carro e vá embora sem olhar para tràs". A vítima imaginou tratar-se de brincadeira de mau gosto, mas visualizou a face do ladrão e teve certeza que não conhecia aquele indivíduo. O comerciante entregou a chave do carro. O criminoso entrou no automóvel e sumiu.

    O meliante tem estatura baixa, é moreno claro, trajava calça jeans escuro, boné azul, camisa polo azul e aparenta idade de 30 a 38 anos. A polícia de Salto de Pirapora acredita que pelas características físicas do ladrão, ele pode ser o mesmo que dias atrás roubou um veículo utilitário em Salto de Pirapora. Imagens de um comércio vizinho à residência da vítima mostram que o ladrão desceu de um veículo utilitário e dirigiu-se ´para roubar o carro do comerciante.

    Aqui a notícia chega chegando!

Estado-SP - Mais de 56 mil autuações por infrações de trânsito durante feriado prolongado

    POLÍCIA MILITAR realizou, por meio do Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv), mais de 56 mil autuações por infrações de trânsito durante feriado prolongado. As atividades relacionadas à Operação Proclamação da República foram deflagradas desde às 0 hora de sexta-feira, 12/11 até às 23h59 de segunda-feira (15) e ainda resultaram na detenção de mais de 60 pessoas e apreensão de cerca de 770 quilos de drogas.

    Para os trabalhos ao longo dos 22 mil quilômetros de rodovias estaduais foi empregado todo o efetivo do CPRv e materiais disponíveis, distribuindo-os nos locais de maior incidência criminal para garantir a segurança de todos que necessitem fazer deslocamentos. Os policiais contaram com drones, binóculos e radares portáteis, intensificando a fiscalização de limites de velocidade e ultrapassagens.

    Também foram realizadas atividades para fiscalização de uso de cinto de segurança e outros equipamentos, uso indevido de celular ao volante, além de ações direcionadas para coibir o consumo de álcool. Como resultado foram elaboradas 56.360 autuações por infrações de trânsito, sendo 26.476 por excesso de velocidade e 7.915 por não uso do cinto de segurança e outros dispositivos de retenção.

    Ainda foram contabilizadas 1.431 por ultrapassagens em locais proibidos e 1.726 infrações por dirigir sob a influência de álcool (ou se recusaram a realizar o teste do etilômetro). Ao todo, 39.020 motoristas foram submetidos aos testes e 36 deles foram conduzidos à polícia judiciária pelo crime de embriaguez ao volante. As atividades contaram com o apoio das Concessionárias de Rodovias, da Agência de Transporte do Estado (Artesp), do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e outros órgãos.

    Ao longo da operação 57 pessoas foram presas em flagrante por diversos delitos e cinco procurados pela Justiça foram recapturados e devolvidos ao sistema penitenciário. No mesmo período, o policiamento rodoviário ainda retirou três armas ilegais de circulação e apreendeu 775,619 quilos de entorpecentes, sendo 621,970 kg de maconha e 153,649 kg de cocaína. 

    Reproduzido da Secretaria de Segurança-SP


terça-feira, 16 de novembro de 2021

Sorocaba - Defesa Civil mais equipada

 


    A COORDENADORIA MUNICIPAL de Proteção e Defesa Civil de Sorocaba (Compdec) recebeu, durante solenidade terça-feira, 16/11, um kit de equipamentos para auxiliar no atendimento a ocorrências no município. O ato ocorreu no Centro Operacional da Guarda Civil Municipal (GCM), ligada à Secretaria de Segurança Urbana (Sesu) da cidade.

    Estiveram presentes na ocasião o secretário de Segurança Urbana de Sorocaba, Coronel Vitor Gusmão, representando o prefeito Rodrigo Manga; o Comandante da GCM, Henrique de Agrella; o coordenador da Defesa Civil de Sorocaba, Fábio Camargo; o coordenador regional da Defesa Civil da Região Metropolitana de Sorocaba, Major PM do Corpo de Bombeiros Ivan Godinho; o vice-prefeito de Araçoiaba da Serra, Adilson Aparecido Domingues, acompanhado do GCM Barros, da Defesa Civil de Araçoiaba da Serra; o diretor do Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil, Tenente-coronel Fauzi Salim Katibe, representando o secretário-chefe da Casa Militar e coordenador estadual de Proteção e Defesa Civil, Cel. Alexandre Moncruz Romanek; o comandante interino do 7º Batalhão de Policia Militar do Interior (7°BPMI), Major Haro; além do Capitão PM Vale, à frente do 15° Grupamento de Bombeiros de Sorocaba, e do deputado estadual Danilo Balas.

    A Defesa Civil de Sorocaba recebeu um aparelhamento, no valor total de R$ 100 mil, composto por um veículo pick-up Fiat Strada 0 km, um bote inflável, equipamentos de combate a incêndio, tenda, gerador elétrico, motosserra e um conjunto de holofotes. O setor de Defesa Civil de Araçoiaba da Serra também foi contemplado com um kit semelhante. Os conjuntos de equipamentos foram destinados aos dois municípios por meio de emendas parlamentares dos deputados estaduais Douglas Garcia e Danilo Balas, adquiridos pelo Governo do Estado de São Paulo, via programa de Reaparelhamento das Coordenadorias de Proteção e Defesas Civis Municipais.

    “Vamos trabalhar essa operacionalização com as demais Corporações Municipais. O kit chegou em boa hora, nas vésperas da implementação da ‘Operação Verão’”,  disse Fabio Camargo, coordenador da Defesa Civil de Sorocaba. “A Defesa Civil faz um trabalho muito importante nas ações de proteção, em especial durante o verão, e auxilia muito no atendimento inicial, antes da chegada dos Bombeiros”, completou o coordenador regional de Defesa Civil, Major PM Ivan Luís Godinho.

    O diretor do Departamento de Proteção e Defesa Civil do Estado, tenente-coronel Fauzi Salim Katibe, enalteceu a parceria entre Estado, deputados e Municípios, o que tem possibilitado condições de equipar mais as cidades paulistas. “Ajuda quem realmente precisa e agiliza o atendimento, independentemente de ser GCM, Bombeiro ou Defesa Civil na ação. Além de receber os equipamentos, as equipes das Defesas Civis são treinadas para manusear cada um deles”, enfatizou o tenente-coronel.

    “GCM e Defesa Civil trabalham muito próximas, em ações que, muitas vezes, se misturam. Esses recursos facilitam bastante no atendimento a ocorrências em caso de calamidades”, disse o comandante da GCM, Henrique de Agrella. “Esse tipo de ação integrada salva vidas. Dar suporte e aparelhamento para o contato inicial em uma ocorrência é fundamental”, frisou o deputado Danilo Balas.

    “A cidade vem mudando dia a dia para melhor, com o comprometimento e o empenho de todos. Nós estamos sempre à disposição e podemos fazer a diferença a cada dia e a sociedade sabe que pode contar com a PM e a GCM, além da Defesa Civil e dos Bombeiros. Essa irmandade entre as Corporações é responsável por Sorocaba ser sucesso no que tem feito em questão de segurança pública”, concluiu o Cel. Vitor Gusmão, secretário de Segurança Urbana de Sorocaba.

    Fotos: Michelle Alves – Secom/ Divulgação

Sorocaba - Programa HumanizAção acolhe pessoas em situação de rua

 


    COM AJUDA DA POPULAÇÃO, mediante o envio de informações, o programa “HumanizAção” abordou 23 pessoas em situação de rua, domingo à noite, 14/11. Dessas, 15 aceitaram acolhimento oferecido no Serviço de Obras Sociais (SOS). Lá, puderam receber alimentação completa, cuidados de higiene, roupas limpas e pernoite.

    As equipes do “HumanizAção” estiveram nos seguintes locais: Praça Cel. Fernando Prestes (Centro), Praça Castro Alves (Jardim Vergueiro), Rodoviária (Centro), Praça Dom Tadeu Strunck (Centro), Praça do Bombeiro (Jardim Santa Rosália) e Centro de Triagem.
As ações contaram com integrantes da Controladoria Geral do Município, da Secretaria da Cidadania (Secid) e do SOS (Serviço de Obras Sociais), além do apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), Secretaria de Serviços Públicos e Obras (Serpo) e Urbes – Trânsito e Transportes.

                         Saiba como ajudar

    A população pode continuar contribuindo, informando os locais da cidade onde haja pessoas em situação de rua necessitando de auxílio. O contato pode ser feito pelos telefones: (15) 3229-0777 (SOS), 153 (GCM) e (15) 3212-6900 (Secid). Além disso, para doar alimentos, basta entrar em contato com o Fundo Social de Solidariedade, pelo telefone: (15) 3238-2503.

    Reproduzido da Prefeitura de Sorocaba

segunda-feira, 15 de novembro de 2021

Sorocaba - Grupo de motociclistas da capital veio conhecer pontos turísticos

 


    DIVISÃO DE TURISMO, pertencente à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (Sedettur), da Prefeitura de Sorocaba, recebeu, domingo pela manhã, 14/11, um grupo de motociclistas de São Paulo capital, com o intuito de visitar pontos turísticos na cidade, em um passeio sobre duas rodas.

    O ponto de chegada foi na Casa do Turista de Sorocaba, onde o grupo, denominado “Elithe Racin Team”, teve acesso a informativos e mapas turísticos do município. Em seguida, os visitantes foram até uma famosa padaria no bairro Alto da Boa Vista, para tomar café e conhecer as iguarias do local.

    Ainda como parte do roteiro, passaram pelo Jardim Botânico “Irmãos Villas-Bôas” e Parque da Água Vermelha, encerrando o passeio por Sorocaba no Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros”.

    “Sorocaba tem um potencial turístico imenso, pela beleza natural e pela dimensão geográfica da cidade. Por isso, ficamos muito felizes em receber esse grupo de visitantes. Sobretudo, neste período de transição pós-pandêmica, em que as pessoas procuram exatamente o turismo a céu aberto”, destacou o diretor de área da Sedettur, Fernando Marques.

    Reproduzido da Prefeitura de Sorocaba