quarta-feira, 19 de janeiro de 2022

Interior-SP - Deinters recebem drones para auxiliar enfretantamento à criminalidade



    POLÍCIA CIVIL entregou, na terça-feira, 18/01, dez drones com câmeras de visão termal, os mais modernos do mercado, para os Departamentos de Polícia Judiciária do Interior (Deinters). Os equipamentos serão utilizados em operações táticas e estratégicas em todo o território paulista.

    Os drones foram entregues a representantes dos dez Deinters, na sede do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope), já que um grupo de policiais foi treinado sob supervisão de pilotos do Serviço Aerotático (SAT), do Dope, para operação dessas Aeronaves Remotamente Pilotadas (ARP).

    A ferramenta possui tecnologia que integra o sistema de inteligência policial. Os equipamentos, do modelo DJI Enterprise, adquiridos na modalidade pregão eletrônico, custaram R$ 56 mil aos cofres do Estado. Eles foram recebidos pela Polícia Civil no final de dezembro e agora distribuídos para as equipes do Interior.

    “Essas aeronaves são bem modernas, elas têm duas câmeras juntas. Uma normal e uma termal, que é totalmente diversa. Ela consegue enxergar diversos cenários, em área rural ou urbana. Ela consegue mostrar com bastante nitidez um carro ou o vulto de uma pessoa embaixo de uma árvore, por exemplo”, explicou o delegado Maurício Freire.

    Esses modernos veículo aéreos permitem a detecção de calor em objetos e materiais, transformando essa captação de temperatura em imagens e vídeos. Os drones serão utilizados em operações táticas e estratégicas das Divisões Especializadas de Investigações Criminais (Deics), principalmente contra o crime organizado.

                          Demonstrações

    Sempre atento às novas tecnologias, o Dope também fez demonstrações sobre a utilização prática de robôs e como podem ser usados em operações como resgate de reféns. Foi realizada simulação de resgate de refém, com suposta invasão de local, mostrando as imagens que o equipamento faz das vítimas e dos bandidos. Além disso, também foi demonstrado como as imagens dos robôs e dos drones são transmitidas para as telas dentro dos veículos de monitoramento. 

    Reproduzido da Secretaria de Segurança-SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário