segunda-feira, 31 de janeiro de 2022

Piedade - Conselho da Mulher defende abrigo para vitimas da violência doméstica

 


    EM AGOSTO DE 2021, o prefeito Geraldo Pinto Camargo assinou decreto que instituiu o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher. Conselho de caráter delibertivo, os temas aprovados pelo conselho devem ser aplicados. 

    Em outubro do ano passado, ocorreu a primeira reunião para tratar de diretrizes e ainda promoveu palestra em defesa dos direitos das mulheres.

    As reuniões mensais são presenciais, ainda não tem data fixa e um local definido para reuniões, porém, cogita-se definir data fixa mensal, e por causa da pandemia as reuniões aconteçam presencial ou virtual. Sorocaba Notícia conversou com a presidente do Conselho, Thais Lucas, que é guarda civil, ela enxerga a necessidade de estabelecer a Casa da Mulher, um  espaço físico para atender mulheres vítimas de violência doméstica ou em situação de vulnerabilidde. "As ações abrangem mulheres de todos segmentos e classes sociais, não é um conselho que foca somente às vitimas da violência doméstica"; disse Thais.  

    Ao ser indagada qual o princiapal desafio do Conselho, Thais acrescentou que é a temática da violência doméstica. Ela disse ainda que o Conselho defende a criação de um abrigo para acolher mulheres vitimas de violência no lar, e que não tem para onde ir. Em visita na Delegacia da cidade, o prefeito Geraldo Camargo conversou com o delegado a respeito da impostância da atuação do Conselho e  declarou que em breve será criado a Casa da Mulher em Piedade (foto acima presidente e o prefeito). 

    Aqui a notícia chega chegando!

Nenhum comentário:

Postar um comentário