segunda-feira, 28 de fevereiro de 2022

Salto de Pirapora - Moradora reclama falta de água no Bairro Capão Redondo

 


    UMA MORADORA do Bairro Capão Redondo, área rural aproximadamente 11 quilômetros distante do centro de Salto de Pirapora, contatou com Sorocaba Notícia para reclamar falta de água desde domingo após o almoço, 27/02, até às 19H de segunda-feira seu bairro continuava sem água.

    A mulher relatou que  domingo precisou pegar água com sua vizinha para banhar sua criança (menino). No dia seguinte não preparou almoço porque não havia água. Ainda de acordo com a mulher, ela não conseguiu registrar a reclamação no aplicativo destinado para essa finalidade. 

    " Não consegui registrar essa reclamação porque o aplicativa não finaliza, acredito que o aplicativo pode estar sobrecarregado"; reclamou a moradora. Ela disse também que ouviu comentários que outros bairros rurais também estão desabastecidos. A foto acima mostra a torneira da casa dela sem água.

    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato

Salto de Pirapora - Motociclista morre após acidente na SP 264

    ACIDENTE ENVOLVENDO automóvel e moto, na Rodovia Francisco José Ayub (SP 264), próximo à Cerâmica, provocou morte do motociclista. O condutor do carro não prestou socorro à vítima e fugiu do local.

    A vítima foi levada ao pronto-socorro da Santa Casa de Misericórdia, em Salto de Pirapora, no entanto chegou sem vida. Maylon Camargo Trindade residia no Bairro da Ilha, em Salto de Pirapora. O acidente ocorreu no final da noite de domingo, 27/02.

    Aqui a notícia chega chegando 

     

domingo, 27 de fevereiro de 2022

Menos mortes dolosas na região de Sorocaba em janeiro

     REGIÃO DE SOROCABA terminou o mês de janeiro com as menores taxas de casos e vítimas de homicídios e redução na quantidade de registros para esses dois indicadores. No período também houve queda nos estupros e roubos de cargas. Os indicadores de latrocínios, roubos a bancos e extorsões mediante sequestro permaneceram zerados.

    No mês passado, houve 10 ocorrências e vítimas de mortes intencionais na região, ante 21 boletins, com 22 vítimas, em janeiro de 2021. A redução em números absolutos foi de 11 e 12 registros, respectivamente, e os dois totais são os segundos menores da série histórica, iniciada em 2001.

    Com as quedas, as taxas dos últimos 12 meses (de fevereiro de 2021 a janeiro de 2022) ficaram em 4,75 casos e 4,91 vítimas de homicídios dolosos para cada grupo de 100 mil habitantes. Os índices são os menores desde o início da série.

    O recuo se estendeu para os estupros, que caíram 29,2% na comparação mensal – passou de 120 para 85. Os latrocínios, por sua vez, permaneceram zerados nos indicadores de ocorrências e vítimas. Isso ocorreu pela quarta vez consecutiva.

                               Outros indicadores

    No mês passado houve redução de 2 casos no indicador de roubos de cargas, em comparação com janeiro de 2021, quando 12 boletins foram registrados.

    Os roubos a bancos, no entanto, permaneceram zerados pela quinta vez consecutiva e pela 21ª vez na série histórica não foram registrados casos de extorsões mediante sequestro.

    Em contrapartida, os roubos em geral e de veículos cresceram. O primeiro subiu 9%, com um total de 278 casos, e o segundo teve alta de 30,2%, somando 69 ocorrências.

Nos furtos em geral e de veículos também houve alta. O primeiro oscilou de 1.667 para 2.274 e o segundo passou de 181 para 244.

                         Produtividade

    O trabalho das polícias paulistas, em janeiro, na região de Sorocaba, resultou em 1.012 prisões e na apreensão de 53 armas de fogo ilegais. Também foram registrados 221 flagrantes por tráfico de entorpecentes.

    Reproduzido da Secretaria de Segurança-SP

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2022

Estado-SP - Estatística mostra redução de 16,9% em mortes intencionais em janeiro

    SÃO PAULO terminou o primeiro mês deste ano com a menor taxa de homicídios dolosos da série histórica, iniciada em 2001. No período, as mortes intencionais recuaram, assim como os roubos seguidos de morte e estupros. Os roubos a banco e as extorsões mediante sequestro permaneceram estáveis.

    No mês passado, os homicídios dolosos tiveram queda de 16,9% na quantidade de casos e recuo de 15,3% no número de vítimas, se comparado a janeiro de 2021. O primeiro indicador passou de 284 para 236 e o segundo oscilou de 295 para 250. Os totais são menores desde 2001.

    Com as reduções, as taxas dos últimos 12 meses (de fevereiro de 2021 a janeiro de 2022) ficaram em 6 ocorrências e 6,31 vítimas de morte intencional para cada grupo de 100 mil habitantes. Os índices são os menores desde 2001. 

    Reproduzido  da Secretaria de Segurança-SP


terça-feira, 22 de fevereiro de 2022

Estado-SP - Operação Interior Mais Seguro recupera 380 veículos e apreende 90 Kg de entorpecentes

     POLÍCIA MILITAR desencadeou, segunda-feira, 21/02, a Operação Interior Mais Seguro em todo o Estado de São Paulo, nas regiões em que há áreas rurais, com a finalidade de garantir a continuidade da redução dos indicadores criminais, aumentando a presença ostensiva para melhorar a percepção de segurança das pessoas e combater o crime.  

    A operação contou com a mobilização de policiais militares, com o emprego de viaturas e helicópteros, em locais estratégicos nas áreas rurais, apontados pelo serviço de inteligência da PM, para sufocar possíveis ações de criminosos.

    Além do policiamento preventivo, também atuaram com foco em receber das comunidades rurais informações que apontem melhorias da segurança local bem como os policiais militares foram agentes estimuladores do Programa Vizinhança Solidária.

    A ação resultou em 54 pessoas presas e/ou apreendidas e 20 foragidos capturados. Também houve a apreensão de aproximadamente 90 quilos de drogas e cerca de 32,8 mil veículos foram vistoriados, sendo 294 motoristas autuados por consumo de álcool ou recusa ao teste do. A PM também recuperou 386 veículos produtos de roubo ou furto.

    Reproduzido da Secretaria de Segurança-SP

Sorocaba - Familias recebem títulos de propriedde na Vila Dalmatas

 


     PREFEITURA DE SOROCABA e Governo do Estado de São Paulo entregaram, na noite de segunda-feira, 21/02, título de propriedade de imóveis a 11 famílias moradoras da Área 1 da Vila Dálmatas, bairro localizado na região do Cajuru. Sem custo algum, esses munícipes realizaram um sonho de décadas, garantindo a segurança da posse do seu lar.

    A iniciativa ocorreu por meio do programa municipal Casa Digna Sorocaba, coordenado pela Secretaria da Habitação e Regularização Fundiária (Sehab), com recursos do programa Cidade Legal, do Governo do Estado. No total, 18 famílias da Área 1 da Vila Dálmatas serão beneficiadas. Destas, três estão em processo final de entrega de documentação e outras quatro famílias serão contempladas com o programa municipal Lotes Sociais.

    Instituído pelo Decreto Municipal nº 26.065, de 11 de janeiro de 2021, o programa Casa Digna Sorocaba tem como intuito amparar as famílias sorocabanas que mais precisam ao direito da moradia digna. Por meio da regularização fundiária, a Prefeitura garante o direito social à moradia, a segurança jurídica do morador e o pleno desenvolvimento das funções sociais da propriedade urbana.

    Com o título de propriedade do imóvel, o cidadão pode viabilizar, por exemplo, a sua comercialização. Além disso, o documento facilita a contratação de empréstimo por meio de uma instituição financeira, já que a posse de uma propriedade legalmente constituída pode ser um requisito básico nesse tipo de operação.

    “É uma alegria muito grande estar aqui, neste momento tão importante, dando o pontapé inicial da regularização de toda essa área da Vila Dálmatas. Ter a documentação da casa onde vocês moram e saber que, agora, de fato, ela é de vocês, é um sonho realizado. Parabéns a todos por essa conquista”, destacou o prefeito Rodrigo Manga.

    Também está em andamento o processo de regularização fundiária da Área 2 da Vila Dálmatas, onde vivem cerca de 40 famílias em imóveis que se encontram em situação informal. Trata-se de uma Área de Proteção Ambiental (APP) e que, por isso, necessitou de estudos ambientais, já realizados. Essa ação também está sendo feita pela Prefeitura de Sorocaba em parceria com o Governo do Estado.

    O secretário de Estado da Habitação, Flávio Amary, agradeceu o prefeito Rodrigo Manga pelo trabalho realizado em parceria com o Município, que vem transformando a vida das pessoas. “Entregamos o título de propriedade e trabalhamos muito para isso. Vamos dar continuidade e investir mais recursos para atender mais famílias dessa área que ainda não foram contempladas, em parceria com a Prefeitura de Sorocaba”, afirmou o secretário estadual.

    Uma das moradoras beneficiadas com a iniciativa foi a costureira Elisabete de Oliveira Martins Claro, que mora há 25 anos na Rua 5, na Vila Dálmatas. “É um sonho realizado depois de tantos anos. Esta casa será do meu filho, foi uma promessa que fiz”, contou a munícipe, emocionada, se referindo ao filho Éverton Wesley de Oliveira, de 25 anos.

    Reproduzido da Prefeitura de Sorocaba

domingo, 20 de fevereiro de 2022

Sorocaba - Socorro à Petrópolis arrecada mais de 25 toneladas de alimentos

 


       PREFEITURA DE SOROCABA por meio do Fundo Social de Solidariedade (FSS), promoveu, domingo, 20/02, das 9h às 15h, no estacionamento frontal do Paço Municipal, o Drive-thru “A Fome não é Fake! – Socorro a Petrópolis”. A iniciativa superou a meta inicial das 10 toneladas e arrecadou mais de 25 toneladas de alimentos não perecíveis para serem destinados às vítimas das enchentes e deslizamentos no município de Petrópolis, no Rio de Janeiro.

    O objetivo da ação foi contribuir com socorro rápido à parte da população daquela cidade fluminense, que passa por um momento crítico devido às fortes chuvas ocorridas nos últimos dias e que têm provocado enchentes em vários pontos e inúmeros deslizamentos de terra. Os alimentos doados irão também para as equipes que estão trabalhando nos resgates, como o pessoal da Defesa Civil, Bombeiros e voluntários. As situações decorrentes das fortes chuvas são dramáticas e já provocaram a morte de mais de 100 pessoas, além de outra centena de desaparecidos.

    Durante o evento, houve a participação de empresas, entidades, organizações, empresários e a população em geral nas doações de alimentos e cestas básicas, assim
como na ajuda para custear o fretamento dos mantimentos até Petrópolis (RJ).

    O prefeito Rodrigo Manga e a primeira-dama e presidente do FSS, Sirlange Frate Maganhato, tomaram a frente na organização dessa iniciativa, após contato que tiveram com o prefeito de Petrópolis, Rubens Bomtempo, e de saber dele que o envio de alimentos é uma necessidade urgente de grande parte da população daquela cidade.

    “Sorocaba deu um exemplo de união e solidariedade. Nunca houve uma arrecadação como essa, em tão pouco tempo, para poder ajudar pessoas de outro município. Além disso, fico emocionado, pois superamos nossa meta de 10 toneladas e acabamos atingindo um total de 25 toneladas para enviar a Petrópolis”, comenta o prefeito de Sorocaba, Rodrigo Manga.

    Na ocasião, durante a arrecadação dos alimentos no Paço Municipal, a primeira-dama e presidente do FSS, Sirlange Frate Maganhato, agradeceu ao povo sorocabano pela enorme solidariedade. “Muita gente entendeu o sentido da ação e os sorocabanos abraçaram a causa. A emoção foi muito grande de ver tantas pessoas doando alimentos a quem precisa”, relata a primeira-dama.

    Nascida em Petrópolis, mas morando em Sorocaba, há anos, Elisabete Batista Sarnento não conteve suas lágrimas ao ver a ação movimentada e recebendo inúmeros alimentos, a todo o tempo. “Só tenho que agradecer a bondade dos sorocabanos em ajudar meus conterrâneos”, conta.

    Em paralelo à ação de arrecadação de alimentos no local, a população também teve à disposição o serviço gratuito de testagem rápida de Covid-19, realizada pelas equipes da Secretaria da Saúde (SES) presentes.

    Reproduzido da Prefeitura de Sorocaba

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2022

Sorocaba - Mantido rodízio de água em toda cidade

 

     


    PREFEITURA DE SOROCABA, por meio do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saee), decidiu pela manutenção do Plano de Racionamento no abastecimento público de água, por meio do mesmo sistema de rodízio intercalado por toda a cidade, o qual vem tendo êxito e causa o mínimo transtorno possível à população. A medida foi anunciada durante entrevista coletiva à imprensa, quinta-feira, 17/02, no Paço Municipal. O rodízio prosseguirá no mesmo formato atual até o dia 17 de março ou tão logo o nível do reservatório da represa de Itupararanga atinja 50% de sua capacidade total.

    O anúncio foi feito pelo prefeito Rodrigo Manga, acompanhado do vice-prefeito Fernando Martins da Costa Neto, do diretor-geral do Saae/Sorocaba, Tiago Suckow, e de secretários municipais de Sorocaba. Iniciado em 17 de janeiro, o sistema de rodízio permitiu uma economia diária média de 23 mil m³, volume correspondente a 12 piscinas olímpicas, por dia, ou ao consumo diário de uma cidade com 115 mil habitantes.

    Durante o racionamento, o volume total economizado é de 710,5 mil m³, o que representa uma redução de 15% a 20% no volume diário captado da represa de Itupararanga, via Estação de Tratamento de Água (ETA) Cerrado. Atualmente, esse reservatório opera com 43,88% da sua capacidade total, índice que, em dezembro passado, chegou a 18,3%. Os dois outros sistemas que também abastecem a cidade, Castelinho/Ferraz e Ipaneminha, estão hoje, respectivamente, com 95% e 75% de sua capacidade.

    “O resultado da ação tem sido muito positivo e temos que reconhecer os esforços de todos, principalmente da população sorocabana em colaborar. A meta inicial era atingir 40% do nível da represa, mas, como está dando certo e a dinâmica adotada tem causado mínimo transtorno possível no dia a dia das pessoas, revimos esse índice, para garantir ao município, de forma ampla e conservadora, a segurança hídrica necessária para 2022 todo. Continuamos contando com o apoio da população em fazer o uso consciente da água”, apontou o prefeito.

    “Sorocaba está fazendo a sua parte. É gratificante quando vemos a cidade toda colaborando com o racionamento e que o Poder Público não está sozinho nisso. Quando todo mundo ‘veste a camisa’ e caminha junto em um propósito, o resultado é o sucesso”, disse o vice-prefeito Fernando Martins da Costa Neto.

    Segundo o diretor-geral do Saae/Sorocaba, o Plano de Racionamento tem sido fundamental para Sorocaba já, antes do prazo, assegurar um volume satisfatório dos reservatórios para garantir toda qualidade do abastecimento local durante o período de estiagem deste ano. “Constatamos isso, levando em conta os dados históricos dos mananciais e a quantidade de chuvas nas últimas décadas, bem como as previsões meteorológicas para este ano. E queremos ampliar essa margem de segurança, aproveitando a adesão positiva da população”, complementou.

                 Funcionamento do rodízio

    Na nova fase do rodízio, que começa sexta-feira, 18/02, nada muda do que já está sendo feito. O Saae/Sorocaba programa mais sete rodadas completas (cada uma de quatro dias), com interrupções planejadas no fornecimento de água à população, alternando períodos com e sem abastecimento, de forma distribuída e intercalada nas diferentes regiões da cidade.

    A cada dia, das 18h às 6h, um determinado grupo de bairros fica sem abastecimento e, depois, tem o fornecimento normalizado. A relação se repete, sucessivamente, entre os quatro grupos, que também seguem os mesmos.

    “A dinâmica, os grupos e o tempo de interrupção serão os mesmos já em vigor. Optamos por manter dessa forma, pois toda a população já está acostumada e temos tido êxito”, frisou o diretor-geral do Saae/Sorocaba.

    Conforme a programação, nesta sexta-feira (18/2), as interrupções ocorrem em áreas atendidas pelos Reservatórios ou Centros de Distribuições da Vila Haro, Parada do Alto, Central Parque, Vila Barão, Terra Vermelha, Novo Éden e Cajuru; no sábado (19/2): Booster Eldorado, Granja Olga, Caixa Eldorado, Brigadeiro, Astúrias, Iporanga 2, YKK, Vitória Régia, Herbert de Souza e Toyota; no domingo (20/2): Mosteiro São Bento, Centro, João Romão, Maria Eugênia, Sorocaba 1, Ipatinga, Santana, Aparecidinha e Nikkey; e na segunda-feira (21/2): Sevilha, Campolim, ETA Cerrado, Rede 6, Planalto, Horto, Parque São Bento, Carandá e Altos do Ipanema.

    Reproduzido da Prefeitura de Sorocaba

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2022

Justiça-SP condena concessionária porque faltou energia e atrasou cerimônia de casamento

 


    A 2ª VARA DE PALMITAL condenou concessionária de energia elétrica a indenizar casal que teve casamento atrasado por falta de luz. A título de danos morais, a empresa deverá compensá-los em R$ 20 mil, além de R$ 2.899,50 em razão dos danos emergentes.

    De acordo com os autos, faltando 15 minutos para o início da cerimônia houve uma súbita queda de energia elétrica, que atrasou o casamento em uma hora. Durante o período, os noivos tentaram contato com a requerida para o restabelecimento da energia, sem sucesso, e tomaram conhecimento de que a falha no fornecimento havia atingido todo o município. Em razão da falta de eletricidade, a prestação de alguns serviços contratados para a ocasião, como cabine de fotografia instantânea e apresentação musical, foi suspensa.

    Na sentença, o juiz Jonas Ferreira Angelo de Deus ressalta que a concessionária não identificou a origem da falha ocorrida, apresentando em juízo suposições genéricas sobre o que poderia ter causado a interrupção no fornecimento do serviço. Segundo o magistrado, ainda que fosse possível admitir como comprovadas as circunstâncias levantadas, “estas consubstanciam situações esperadas na atividade econômica por ela levada a cabo e, portanto, insertas nos riscos inerentes à prestação do serviço desempenhado”.

    “Com efeito, o ato ilícito praticado consistiu na suspensão do fornecimento de energia elétrica sem prévio aviso e sem fundamento suficiente a lhe respaldar, evidenciando a falha na prestação de serviços por culpa exclusiva da ré, em contrariedade ao disposto no art. 22 do Código de Defesa do Consumidor, o qual estabelece a continuidade na prestação de serviços essenciais. Na situação dos autos, a situação é sobremaneira agravada, haja vista o abalo de jaez extrapatrimonial gerado aos autores por se tratar de dia de festividade especial e única na vida dos noivos, permeada de grande expectativa para que seja realizado tudo o que fora sonhado e planejado por longo período pelo casal. Soma-se a isso a repercussão à imagem dos demandantes em relação aos familiares e amigos presentes à cerimônia, que não puderam acompanhá-la da forma esperada”, afirmou o juiz.

    Reproduzido do Tribunal de Justiça-SP

terça-feira, 15 de fevereiro de 2022

Pilar do Sul - Inicia-se a criação da Guarda Civil Municipal

 


    UM PASSO importante para oferecer condição de melhoria da Segurança Pública é a criação da Guarda Civil Municipal de Pilar do Sul. Dois projetos tramitam na Câmara para essa finalidade. A corporação sangue azul será formada inicialmente por até 15 guardas aprovados em concurso público, salário R$ 2.296,00, e um comandante aprovado em concurso público, nomeado pelo prefeito, salário R$ 4.700,00.

    Quatro nomes formarão a Corregedoria da Guarda Municipal: o secretário de segurança e trânsito, o comandante da sangue azul, o procurador(a) jurídico da Prefeitura e um cidadão(a) indicado pela Poder Legisltivo. A competência da Corregedoria é purar suposto desvio de conduta dos guardas. Eles exercerão atividade armados, protegendo próprios municipais, ações preventivas, orientando condutores, fiscalizando trânsito, e descumprimento do Código de Postura Municipal.

    Aqui a notícia chega chegando!

    

Tribunal-SP - Passageiro que perdeu enterro do pai será indenizado por empresa de ônibus

 


    A 17ª CÂMARA DE DIREITO PRIVADO do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve decisão do juiz Marco Antonio Barbosa de Freitas, da 16ª Vara Cível Central da Capital, que condenou empresa de ônibus a indenizar passageiro em R$ 11.156 por danos morais e materiais após falhas na prestação de serviço.

     De acordo com os autos, o passageiro comprou bilhete entre São Paulo e Rio de Janeiro e confiou na palavra do vendedor, que indicou plataforma de embarque diversa daquela mencionada no tíquete. Ao embarcar, o motorista deixou de conferir a passagem, fazendo com que o autor da ação embarcasse para Curitiba. Ao perceber o equívoco, foi impedido de desembarcar e obrigado a seguir no ônibus por mais três horas. O homem viajava com o intuito de acompanhar o velório e o enterro do pai, mas por conta das falhas de serviço não conseguiu chegar a tempo.


     Para o relator do recurso, desembargador Alexandre David Malfatti, a situação do consumidor no momento do embarque era de vulnerabilidade, uma vez que havia acabado de perder o pai. “Era indispensável que o motorista do coletivo tivesse cumprido sua função básica de conferência adequada do bilhete - destino da viagem. Tivesse isso acontecido, insista-se, o evento danoso não aconteceria, isto é, todo acontecimento narrado na petição inicial teria sido evitado”, afirmou.


    Ainda segundo o magistrado, “o autor vivenciou situações de desconforto e frustração para além dos aborrecimentos do cotidiano”. O relator destacou "que é direito do usuário ser atendido com urbanidade pelos prepostos da transportadora", o que não se verificou na postura do motorista, que “não demonstrou empatia com o drama do autor, que acabara de perder seu ente querido e estava se deslocando para local errado. Não se prestou a encontrar uma solução – parada num local permitido ou num posto da polícia rodoviária mais próximo”. O julgamento, de votação unânime, teve a participação dos desembargadores Souza Lopes e Irineu Fava.


    Reproduzido do Tribunl de Justiça-SP

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2022

Sorocaba - Que vergonha direção da UBS da Vila Santana!

 


    SOROCABA NOTÍCIA recebeu reclamação de um leitor usuário da Rede Pública de Saúde na Unidade da Vila Santana. De acordo com o reclamante há dias o bebedouro estaria quebrado e escrito (bebedouro quebrado).

    Ainda de acordo com o leitor, um ventilador também não funciona. O ventilador é fixado na parede da sala onde as pessoas agendam consulta, vacinação e outras aguardam atendimento. 

    Segundo o leitor, o calor escaldante e sem água para beber e ventilador sem funcionar são situações incômadas aos usuários da unidade. 

    Por meio de fonte oficial, Sorocaba Notícia constatou veracidade da reclamação e soube que na Unidde de Saúde existe um bebedouro novo, mas não se sabe porque a demora em instalar o aparelho.



 

                    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato 

Governo-SP afirma pagar mais 20% para as forças de segurança e agentes do sistema prisional

     GOVERNADOR João Doria anunciou quinta-feira, 10/02 reajuste salarial de 20% para as forças de segurança pública e administração penitenciária de São Paulo. A medida integra um pacote de valorização profissional implementado desde o início da atual gestão, em 2019, e beneficia mais de 276 mil profissionais do sistema prisional e das polícias Civil, Militar e Técnico-Científica, inclusive aposentados e pensionistas.

    “É um momento muito importante e significativo. Graças à estabilidade financeira e fiscal, podemos fazer aquilo que já desejávamos, que é o reconhecimento do funcionalismo público do Estado”, disse Doria durante entrevista coletiva. “Esse aumento é fruto de um esforço coletivo de todo o Governo, acrescentou o Governador.

    Os estudos para a recomposição salarial de policiais e agentes penitenciários foram coordenados por técnicos da Secretaria de Planejamento e Gestão e a proposta será concedida dentro dos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal.

    O Estado aguardou a confirmação do superávit orçamentário consolidado de R$ 5,9 bilhões em 2021 para formalizar os reajustes. Em termos comparativos, no início de 2019, a atual gestão recebeu um orçamento com déficit de R$ 10,5 bilhões, além de 175 obras paradas.

    Com o reajuste de 20%, o salário reajustado de um soldado PM de 2ª classe deve chegar a R$ 5,8 mil, incluindo benefícios. Para um tenente PM de 2ª classe, o novo valor será de R$ 10,3 mil, entre salário e benefícios.

Na Polícia Civil, um agente de 3ª classe passará a receber R$ 6,3 mil acumulados entre vencimento e benefícios, e um delegado de 2ª classe, R$ 16,2 mil por mês.

        O aumento acumulado desde 2019 nos salários das polícias chega a 26%. Para efeito de comparação, entre 2015 e 2018 a Polícia Civil recebeu reajuste de 7,7%, além de outros 4% para a Polícia Militar.

    O encaminhamento do projeto de lei para os reajustes do funcionalismo estadual à Assembleia Legislativa deve ser feito na próxima semana. A previsão é que o aumento salarial deve entrar em vigor a partir de março.

    "Governador, nas suas palavras para abertura dessa coletiva, o senhor falou em gratidão ao trabalho das forças policiais. Permita-me dizer-lhe, em nome de milhares de integrantes ativos e inativos, gratos nós. Gratos pelas oportunidades e empenho que a sua gestão tem dado na valorização das forças policiais", destacou o secretário da Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos, que também citou os investimentos realizados durantes esses três anos nas polícias, como a entrega de equipamentos e outros meios, além de cursos, garantindo melhores condições de trabalho. 

    "O senhor tem permitido um Governo de entregas e a grande beneficiada é a população de São Paulo, já que o nosso papel é proteger pessoas e preservar patrimônios", concluiu o general.

    Reproduzido da Secretaria de Segurança-SP

sábado, 12 de fevereiro de 2022

Sorocaba - Prefeitura de bairro em bairro anuncia melhorias em quatro localidades

 


    PRIMEIRA EDIÇÃO 2022 do programa “Prefeitura de bairro em bairro” ocorreu sexta-feira, 11/02. Quatro localidades da cidade: Jardim São Paulo (Zona Oeste), Vila Colorau (Zona Leste), Mineirão (Zona Norte) e Jardim São Carlos (Zona Oeste) foram visitadas, ao longo do dia, pela equipe da Administração Municipal. O grupo ouviu as demandas da população e anunciou investimentos em melhorias nessas localidades, em diversas áreas.

    A ação contou com a participação do prefeito Rodrigo Manga e dos secretários municipais Darwin de Almeida Rosa (Serviços Públicos e Obras – Serpo), Luiz Henrique Galvão (Relações Institucionais e Metropolitanas – Serim), Carlos Eduardo Paschoini (Mobilidade – Semob), Antonio Prieto (Meio Ambiente, Proteção e Bem-Estar Animal – Sema) e Coronel Vitor Gusmão (Segurança Urbana – Sesu),  além do diretor-geral do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae/Sorocaba), Tiago Suckow; do diretor-presidente da Urbes – Trânsito e Transportes, Sérgio Barreto; do ouvidor-geral do Município, Evandro Bueno; dos vereadores Luis Santos e Fernando Dini e do ex-vereador Wanderley Diogo.

    “Foi uma sexta-feira muito proveitosa, com a retomada desse programa que já é sucesso de aceitação pelos moradores de todas as partes da cidade. Afinal de contas, ouvir os anseios e dialogar com a população é uma das características deste Governo. Definimos prazos para cada uma das demandas apresentadas, que serão todas providenciadas”, comentou o prefeito Rodrigo Manga.

                     Jardim São Paulo

    O Jardim São Paulo, na Zona Oeste da cidade, foi a primeira parada e a reforma da Praça Syrio Lázaro Baldochi foi a principal reivindicação da comunidade. Diante disso, o Poder Público anunciou que o serviço começará em 90 dias, incluindo implantação de nova academia ao ar livre, bancos e playground, a fim de que as crianças tenham um espaço especial para brincarem.

    O campinho de futebol também será recuperado, e colocadas lixeiras na área de lazer. Os serviços de roçagem no local já começam na próxima semana. A instalação de contêineres em ruas do bairro ficou definida e será providenciada em pouco mais de 20 dias, assim como a realização imediata de estudo técnico para implantação de redutor de velocidade na Avenida Padre Joaquim Gonçalves Pacheco e na Rua Benedito Venceslau Mendes.

    “Ficamos muito felizes com essa vinda da equipe da Prefeitura ao Jardim São Paulo e estamos muito satisfeitos com o resultado. Vamos acompanhar tudo o que ficou acertado e temos certeza que logo, logo, seremos plenamente atendidos”, disse a professora Disley Souza, moradora desse bairro há 14 anos e que preparou uma relação das principais necessidades dessa localidade e a entregou ao prefeito.

                   Vila Colorau

    A segunda parada da equipe do programa “Prefeitura de bairro em bairro” foi na Vila Colorau, Zona Leste, para uma visita à Associação dos Moradores do bairro.

    O bairro receberá, a partir da próxima semana, uma operação que vai incluir serviços de tapa-buraco, roçagem de mato e melhorias na sinalização de trânsito. A ação foi solicitada pelos moradores, assim como a instalação de conjunto semafórico em cruzamento da Rua Chile, que será providenciado em 90 dias.

    Outra preocupação dos munícipes da Vila Colorau é com o trânsito e estacionamento de veículos pesados em locais proibidos. “Diante disso, também na próxima semana, vamos intensificar a fiscalização no bairro, com os agentes de trânsito, para coibir abusos”, destacou o secretário da pasta, Carlos Eduardo Paschoini.

    Uma comissão de moradores também foi montada para acompanhar representantes da Administração Municipal, em vistoria em duas áreas: uma que costuma ser atingida por extravasamento na rede de esgoto e outra, onde são armazenados materiais recicláveis e moradores da redondeza se queixam de aparecimento de pragas, para, então, resolver tais situações.

                          Mineirão

    No Mineirão, na Zona Norte de Sorocaba, a limpeza das encostas do córrego que atravessa o bairro já teve início, sendo feita por equipe do Saae/Sorocaba, atendendo ao pedido dos moradores. “A autarquia também tem projeto previsto de melhoria em duas travessas sob o córrego, para evitar intercorrências em dias de chuva intensa”, completou o diretor-geral Tiago Suckow.

Outra solicitação é a construção de área de lazer ao lado da escola municipal do bairro, o que será objeto de estudo e elaboração de projeto por parte da Serpo, previsto para ser concluído em até 100 dias. Além da questão do córrego, um espaço para a criançada brincar é fundamental. É a principal necessidade daqui, do bairro”, apontou o aposentado Celso Ricardo, residente no Mineirão há 49 anos.

    A viabilidade de instalação de lombada nas ruas Ermolau Del Cistia e Abner Pedroso da Silva, para evitar abuso de velocidade por parte dos motoristas, será analisada pela Semob, que prevê prazo de 20 dias para executá-las, assim que autorizadas.

                 Jardim São Carlos

    A última parada da equipe do programa “Prefeitura de bairro em bairro” foi no Jardim dos Pássaros, na Zona Oeste de Sorocaba. “Nós, da Serpo, mais uma equipe da Sema, iniciaremos, já na próxima semana, a poda de árvores e a roçagem de mato em área verde junto ao córrego que atravessa o bairro. Os trabalhos serão feitos em conjunto”, pontuou o secretário Darwin de Almeida Rosa.

    O Saae/Sorocaba realizará a limpeza da rede de esgoto e, ainda, com o apoio da Sema, uma fiscalização vai identificar possíveis pontos de lançamentos irregulares e de extravasamento de esgoto no manancial.

    Quanto ao transporte público, a Urbes vai mudar o itinerário da linha 71 e ampliar horários nas linhas 27 e 40, dentro de 10 dias, atendendo à demanda de usuários do bairro. Um grupo de moradores vai acompanhar técnicos da Semob para discutir, em reunião a ser agendada com a empresa concessionária que administra a Rodovia Raposo Tavares, a questão do trânsito na via de acesso entre essa estrada e o Jardim São Carlos.

    Reproduzido da Prefeitura de Sorocaba

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2022

Salto de Pirapora - Santa Casa transfere o paciente Rogério da Costa

 


    PACIENTE ROGÉRIO DA COSTA esteve internado numa clínica de recuperação para dependente de bebida alcoolica, na região de Campinas-SP, e lá sofreu um quadro clínico complexo. Ele fora levado para um hospital da região. Ao ser liberado pelo hospital, Rogério fora trazido para casa de seus familiares em Salto de Pirapora.

    Inicialmente ele foi levado à unidade de Saúde Pública e essa encaminhou-o para a Santa Casa de Misericórdia local. O paciente recebeu atendimento e  depois transferido para o Hospital Regional de Sorocaba, onde ele recebeu tendimento e dias depois liberado para sua casa. Em casa, o quadro do paciente evoluiu, precisou ser levado novamente para a Santa Casa da cidade.

    Familiares de Rogério reclamaram em redes sociais e por meio da imprensa online que havia demora da Santa Casa em encaminhar o paciente para ser atendido por um neorologista.

    Na sexta-feira, 11/02, Sorocaba Notícia contatou  com o provedor da Santa Casa, Luciano Henrique, e ele esclareceu que o paciente Rogério apresenta sequéla grave e à tarde seria transferido ao Hospital Regional de Sorocaba. 

   " O corpo clínico da Santa Casa solicitou atendimento com um neurologista. Ao chegar no Hospital Regional o corpo clínico de lá deve realizar outros procedimentos e encaminhá-lo para um especialista; afirmou o provedor; Luciano Henrique". Luciano acrescentou que quando o paciente Rogério chegou na Santa Casa seu quadro era gravíssimo, mas a medicação atenuou o quadro. A família comemora a transferênci do paciente.

    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato! 

    

Sorocaba - Semana da Educação Empreendedora

     PREFEITURA DE SOROCABA, por meio da Secretaria da Educação (Sedu), e o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) realizarão gratuitamente, no mês de março, a Semana da Educação Empreendedora. Professores do Ensino Fundamental de escolas públicas e particulares interessados podem participar gratuitamente, na quinta-feira,17/02, das 18h às 20h, de forma on-line, de uma palestra de sensibilização.

    O objetivo da Semana da Educação Empreendedora é instrumentalizar os professores para trabalhar Educação Financeira e outros temas relacionados, desenvolvendo habilidades e competências empreendedoras, com um material muito bem elaborado em correlação à Base Nacional Comum Curricular (BNCC), em que os professores receberão todas as orientações para aplicação junto dos alunos em sala de aula. A ideia é despertar o protagonismo e empreendedorismo nos alunos do Ensino Fundamental.

    A Semana da Educação Empreendedora ocorrerá, também de forma on-line, de 21 a 25 de março, sempre às 18h. O tema será “Empreendedorismo no Ensino Fundamental: Objetos de Aprendizagem” e o intuito é apresentar diferentes propostas pedagógicas aos professores.

     Os docentes que aderirem à iniciativa municipal desenvolverão o conteúdo em sala de aula e, ao final do curso, deverão preencher o formulário de avaliação. Também haverá entrega de certificação aos participantes, com carga horária de 20 horas.

    A inscrição para a palestra de sensibilização já pode ser feita pelo link: https://forms.office.com/r/sZsnWhcexB. Mais informações podem ser obtidas, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, pelo telefone: (15) 3228-9500 ou, ainda, pelo e-mail: vnegrao@sorocaba.sp.gov.br.

    Reproduzido da Prefeitura de Sorocaba

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2022

Pilar do Sul - Prefeitura dispara no próprio "pé"; vai ter que esclarecer

 


    ATUAL ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM PILAR DO SUL é coisa estranha, creio que nem mesmo ela consegue expor claramente fatos protagonizados por ela. Um cidadão solicitando obra de consevação em estrada rural ou urbana, as respostas são essas: as máquinas estão quebradas, ou dizem não haver combustível para as máquinas. 

    Isso tornou-se praticamente rotina naquela prefeitura. Porem um fato ocorrido segunda-feira, 07/02, pode ter revelado que as versões acima não condizem com a realidade. Eis o fato: alguém pescando no Pesqueiro Yasuda no Bairro Pinhal, área rural do município, visualizou uma patrol no local e caminhões da Prefeitura de Pilar do Sul carregados com pedra para obras no pesqueiro. Imediatamente a pessoa denunciou o fato ao vereador Miguel Guedes.

    O edil compareceu ao local e apurou uma máquina, e três caminhões carregados com pedra de uma empresa de Salto de Pirapora. Ao conversar com o dono do pesqueiro Amando Massao Yassuda, o vereador soube do mesmo que ele (dono do pesqueiro) comprou as pedras. Em sua mão havia papéis simulando ser as supostas notas da aquisição do material, mas não foram apresentadas. O vereador voltou à Câmara e elaborou requerimento ao prefeito a respeito da situação (questionamento oficial). Prefeito tem 15 dias para responder as indagações.

                  Deve ser esclarecido

    É estranho não ter condição de realizar obra de servidão  que beneficia todos munícipes e por outro lado haver possibilidade de atender o dono do pesqueiro sendo ele parente de Silvio Yasuda, que é aliado  do prefeito Marquinhos da Autoescola, isso cheira mal, uma equipe da Prefeitura para trabalhar numa propriedade particular. O prefeito Marquinhos da Autoescola deve esclarecimento ao povo, isso pode não acontecer se ele entender que está acima do princípio da transparência e uso legal dos béns públicos.  

    Merece Esclarecer; Do Contrário é Feio e Repudiável!

terça-feira, 8 de fevereiro de 2022

Sorocaba - Empresa do ramo de soluções tecnológicas desenvolve microusina de energia elétrica

 


    GENISIS é o nome de uma microusina de energia elétrica desenvolvida pela Vida Maker, empresa do ramo de soluções tecnológicas e eficiência energética que está instalada no Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS), desde 2016. O equipamento, alimentado por placa solar, energia eólica, gerador hidráulico e, até mesmo, em tomadas residenciais, já foi testado, aprovado e começou a ser comercializado recentemente.

    A microusina pode ser utilizada em motorhome – veículos que são adaptados como residências –, como fonte de energia para eletrônicos e eletrodomésticos e para iluminar locais ermos. A solução já desperta, inclusive, o interesse de profissionais de Biologia, principalmente aqueles que têm de passar dias no meio da natureza, estudando a fauna e a flora, além de médicos que atendem em regiões isoladas e de difícil acesso.

    O nome Genisis, escolhido para batizar o equipamento, faz alusão ao Gênesis, primeiro livro da Bíblia, sobretudo ao capítulo 1, versículo 3,  que diz: “Deus disse: ‘Haja luz, e houve’”. Mesmo com pouca divulgação até o momento, o Genisis chamou a atenção de empresas e profissionais do Amazonas, Piauí e até Namibe, cidade da Angola.

     “Com o Genisis, é possível habilitar um consultório móvel”, garante o gestor de projetos da Vida Maker e inventor da microusina, Leandro Batista. Ele classifica o Genisis como um produto de ocasião, pensado para as pessoas e profissionais de diferentes ramos de atuação, que não possuem energia em determinados locais e que têm de realizar algumas tarefas e funções específicas.

    “A ferramenta é 100% prática, de fácil manuseio e a pessoa não precisa ter nenhum conhecimento em energia solar para utilizá-la. Basta olhar o manual de instruções. É uma energia elétrica portátil. Eu estou muito surpreso com a boa procura pelo produto que nós acabamos de validar junto ao Parque Tecnológico de Sorocaba”, explica o inventor.

                             Apoio do PTS

    O apoio das equipes de mentoria e aceleração do Parque Tecnológico de Sorocaba foi essencial para o desenvolvimento da microusina, ressalta o gestor de projetos da Vida Maker. “O ambiente do Parque Tecnológico de Sorocaba, por si só, já ajuda a abrir a nossa mente para novas ideias e projetos. Nós, como empreendedores, precisamos estar bem assessorados e este centro de inovação, pesquisa e tecnologia nos auxilia muito nisso”, comenta Leandro Batista.

    O presidente do Parque Tecnológico de Sorocaba, Nelson Tadeu Cancellara, acrescenta que a microusina é apenas um dos muitos projetos criados pela Vida Maker no local. Ela também é responsável por desenvolver um veículo 100% elétrico; a primeira versão do aplicativo para denúncia de violência doméstica contra a mulher; um totem para recarga de celulares e eletrônicos, entre outros.

    Reproduzido da Prefeitura de Sorocaba

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2022

Pilar do Sul - Funcionária da Saúde é agredida no interior da unidade

 


    UMA RECEPCIONISTA da Secretaria de Saúde sofreu agressão por parte de uma munícipe. O caso aconteceu segunda-feira pela manhã, 07/02. A servidora saiu de sua ala de trabalho para ir tomar café, em certo ponto do trajeto dentro do prédio uma mulher aproximou-se e iniciou agressão.

    Outras funcionárias pública saíram para socorrer a vítima. Ao ser impedida de continuar agredindo, a mulher ameaçou voltar em outro momento para cocnluir seu intento. Não se sabe o que teria provocado íra na mulher ao ponto dela agredir a servidora. Existe comentário de rixa extratrabalho, mas não é confirmado.    

    O caso acontece na sede da Secretaria de Saúde no Bairro Campo Grande (próximo da Santa Casa). Após o episódio, a recepcionista desceu na Delegacia de Polícia e registrou a queixa-crime. 

    Aqui a notícia chega chegando!

Pilar do Sul - Governo abandonou Delegacia?

 


    É DITO POPULAR, não se executa obra sem operários. Será que o governo do estado desconhece o dito, ou esqueceu? 

    Aproximadamente mais de um ano a estrutura administrativa da Delegacia de Polícia em Pilar do Sul é enxuta. Por conta disso caiu acentuadamente a produtividade de esclarecimento dos crimes. Aquela unidade já teve equipe de investigação formada por três investigadores e um carcereiro, realizando excelente trabalho elucidando autoria de crimes e operações que resultaram em flagrantes e cumprimento de ordens judicias.

    Atualmente o setor de investigação tem apenas um investigador. Sem dúvida um agente não consegue entregar intimações e proceder investigação, que possa gerar produtividade como antes. Acredito que o investigador chuta a bola e corre para cabecear. Para registrar as ocorrências existe um escrivão e um servidor municipal (escrivão ad hoc). Se houvesse mais escrivães eles poderiam ajudar no setor de investigação, como já ocorreu na própria delegacia e ocorre eu outras delegacias. 

    Há 20 anos, a Delegacia de Pilar do Sul viveu situação semlhante, ao perceberem a circunstância, as autoridades politica-administrativo juntaram as mãos e procuraram a  Secretaria de Segurança Pública para solicitar aumento da estrutura administrativa da Delegacia. Não demorou meses, o pedido fora atendido. Termino esse texto com outro dito popular: criança que não chora não mama. 

    Merece Reflexão  

Justiça-SP condena sujeito que publicou fotos intimas da ex-companheira



    A VARA DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E FAMILIAR CONTRA A MULHER - Região Leste 3 condenou homem que divulgou fotos íntimas de sua ex-namorada, depois de ameaçá-la e agredir. A pena foi fixada em 1 ano e 9 meses de reclusão em regime inicial aberto e seis meses e 13 dias de detenção, além de indenização por danos morais fixada em R$ 5 mil. 

De acordo com os autos, depois de pegar o celular da vítima e ver fotos dela em roupas íntimas, o homem proferiu ameaças e a agrediu, bem como enviou as imagens a familiares e amigos. Em sua decisão, a juíza Vivian Bastos Mutschaewski considerou comprovadas a autoria e materialidade dos crimes de lesão corporal e divulgação de fotos sem o consentimento da ex-companheira. “Não só o relato da vítima, mas as circunstâncias dos fatos como um todo, demonstram, sem qualquer dúvida, que, na data dos fatos, o réu adotou as condutas ilícitas que lhe estão sendo imputadas”.

A magistrada destacou que a substituição da pena privativa de liberdade por restritivas de direito é vedada por se tratar de violência doméstica contra a mulher. “Conquanto o réu não ostente maus antecedentes, possui personalidade deturpada e violenta, trazendo desassossego à vítima e demais familiares. Além disso, nota-se que o conduta do réu provocou grande chance de perda do controle de acesso às imagens da vítima ao encaminhá-las a grupos faculdade.” 

    Reproduzido do Tribunal de Justiça-SP

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2022

Tribunal-SP - Fabricante é condenado indenizar motociclista

 


    A 34ª CÃMARA DE DIREITO PRIVADO do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve sentença pelo juiz Carlo Mazza Britto Melfi, da 5ª Vara Cível de São Bernardo do Campo, que condenou empresa fabricante de motocicletas a indenizar motoqueiro por danos morais e estéticos devido a falha em equipamento de segurança durante acidente. A reparação foi fixada em R$ 20 mil.

Consta dos autos que, em março de 2018, o autor dirigia sua moto em rodovia quando colidiu com a lateral de um carro e, depois, frontalmente em um caminhão. Mesmo com as duas colisões, o air bag do seu veículo não acionou corretamente, o que acarretou graves lesões.

Para a relatora da apelação, desembargadora Cristina Zucchi os elementos dos autos comprovam o dano moral indenizável, pois “corroboram a ocorrência do acidente na forma descrita pelo autor, assim como a ocorrência de falha no equipamento de segurança. A ré, por sua vez, não produziu prova quanto à ocorrência de eventual excludente de responsabilidade, e nem quanto ao correto funcionamento do sistema, de modo que andou bem a r. sentença ao reconhecer a responsabilidade da ré”, afirmou.

“Em razão de falha no equipamento de segurança do veículo, o autor, com o choque, sofreu ferimentos graves no rosto e em membro superior, além de ter perdido alguns dentes. À evidência, trata-se de lesões físicas relevantes, sendo evidente a convalescença daí decorrente, de modo que suficiente para se concluir quanto à ocorrência dos danos morais e estéticos”, concluiu a magistrada.
    Reproduzido do Tribunal de Justça-SP

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2022

Piedade - Ex-secretário de Educação é condenado indenizar ex-estagiária

 


    A JUÍZA Renata Moreira Dutra Costa condenou o ex-secretário de Educação de Piedade, Felipe Campánhopli, indenizar a ex-estagiária de pedagogia Gabriele Francine de Oliveira, que laborou com crianças autistas na Escola Maria José Marciano de Abreu, no Bairro dos Moreiras. 

    A julgadora entendeu como incontroverso que Felipe Campanholi foi o responsável por postagens no facebook que atacaram a honra de Gabriele. De acordo com a sentença, a indenização é menos de R$ 5 mil. 

    Aqui a notícia chega chegando!  

terça-feira, 1 de fevereiro de 2022

Sorocaba - Obras de pavimentação no Bairro Ipanema do Meio

    PREFEITURA DE SOROCABA por meio da Secretaria de Serviços Públicos e Obras (Serpo), anunciou, em ato oficial realizado na manhã de segunda-feira, 31/01, o início das obras de pavimentação da Travessa 2, no bairro Ipanema do Meio, Zona Oeste da cidade.

    Durante visita pelo programa “Prefeitura de Bairro em Bairro”, ocorrida no dia 27 de agosto de 2021, o prefeito Rodrigo Manga, acompanhado de secretários e gestores, se reuniu com moradores do bairro que reivindicaram várias melhorias, dentre elas a pavimentação da Travessa 2, que já está sendo providenciada.

    A obra, que tem prazo de seis meses para ser concluída, não acarretará em custo algum para o Município, pois é fruto de uma parceria com a construtora Predial Novo Mundo Ltda., por meio de medida compensatória pelos empreendimentos realizados pela empresa na cidade.

    Primeiramente, o Saae/Sorocaba realizará a construção de galerias pluviais, priorizando as obras de saneamento. Em seguida, a Serpo e a empresa Predial Novo Mundo realizarão a pavimentação asfáltica, além das guias e sarjetas. Após a conclusão dos serviços, a Secretaria de Mobilidade (Semob) irá sinalizar toda a via para orientar o tráfego local.

    “A construtora poderia realizar essa medida compensatória, depois do término de seu empreendimento na cidade, mas antecipou o seu compromisso com a nossa cidade, mostrando a importância de mais uma parceria público-privada. Além disso, a Prefeitura estuda novas melhorias em outras vias do bairro Ipanema do Meio, por meio do programa ‘Sorocaba Tem Pressa’. Os moradores aguardavam, há mais de trinta e cinco anos, por essa iniciativa e, hoje, com o início das obras, essa espera chegou ao fim”, destacou o prefeito Rodrigo Manga.

    “É uma honra dar o pontapé inicial nesta obra hoje, em parceria com o Saae/Sorocaba e com a empresa Predial Novo Mundo, juntos, unindo forças para garantir as melhorias necessárias no bairro”, disse o secretário de Serviços Públicos e Obras, Darwin José de Almeida Rosa.

    “Essa é uma importante obra para a mobilidade urbana da nossa cidade. Desde o primeiro dia da atual gestão, venho elogiando o prefeito pelas parcerias público-privadas desenvolvidas, sejam elas por meio de doações, medidas mitigatórias ou compensatórias, promovendo qualidade de vida à população”, afirmou Carlos Eduardo Paschoini, secretário de Mobilidade.

    “O compromisso do Saae/Sorocaba é com a população. Um dos pontos mais importantes desta obra é a construção de galerias pluviais, levando saneamento aos moradores daqui da região”, enfatizou o diretor-geral da autarquia, Tiago Suckow.

    “Agradecemos a confiança depositada em nossa empresa e a parceria com o Poder Público para a execução da pavimentação dessa via”, falou o diretor da Predial Novo Mundo, José Fernandes.

    Reproduzido da Prefeitura de Sorocaba