segunda-feira, 25 de abril de 2022

São Paulo=-SP - Estatística aponta redução de mortes intencionais no primeiro trimestre de 2022

     SÃO PAULO terminou o primeiro trimestre de 2022 com redução no número de casos e vítimas de homicídios dolosos, 5,1% e 5,2%, respectivamente, assim como nos casos de estupro (-1,5%), latrocínio (-2,3%) e roubos a banco, que caíram de 6 para 3 ocorrências.

    No mês de março, o número de vítimas de mortes intencionais, bem como os casos e vítimas de latrocínios caíram. Também houve redução nos roubos a banco e de carga. Extorsões mediante sequestro permaneceram estáveis e a quantidade de prisões aumentaram.

    O número de vítimas de homicídios dolosos caiu 1,2% no mês passado, em comparação com março de 2021, passando de 249 para 246 – o menor total desde 2001. O índice de casos, por sua vez, oscilou de 237 para 241.

    Com os resultados, as taxas dos últimos 12 meses (de abril de 2021 a março de 2022) recuaram para 6,02 ocorrências e 6,32 vítimas de mortes intencionais para cada grupo de 100 mil habitantes. As duas somatórias são as menores da série histórica, iniciada em 2001.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário