terça-feira, 28 de junho de 2022

Piedade - Vigia reprovada em estágio probatório vai à Justiça reclamar perseguição

 


    AO SER CONVOCADA PELO RH DA PREFEITURA DE PIEDADE,  a vigia Daniele Abreu contratou seu advogado para acompanhá-la comparecendo na Prefeitura e saber o resultado do seu estágio probatório. 

    Ela sentiu surpresa ao saber que seu encarregado dos vigias Aristeu Rosa Júnior emitiu relatório de avaliação reprovando-a. 

    Sua surpresa aconteceu porque ela tem documento assinado pelo próprio encarregado constando que alguns vigias não foram escalados por ele no Parque Ecológico por motivo pessoal. Daniele é uma delas.

    De acordo com a vigia Daniele a autal administração lhe persegue pois ela atuou e atua em favor da categoria dos vigias, no processo de periculosidade, processo de isonomia e o mais recente o processo de equiparação salarial. 

    Diz ela, "meus perseguidores são: o prefeito Geraldinho Camargo, o chefe de gabinete Diego, alguns secretários e o mais ferrenho o meu encarregado Aristeu (na foto).

    Seu advogado requereu cópia da reprovação e após recebê-la em até dez dias pretende ajuizar mandado de segurança mostrando situações claras de perseguição e pedindo anulação da avaliação como também pedindo danos morais.

    Não dá para viver sem notícia!

   






















Nenhum comentário:

Postar um comentário