terça-feira, 21 de junho de 2022

Pilar do Sul - Mesa Diretora quer aumentar salário dos motoristas; matéria é polêmica e pode ser votada terça-feira 21/06

 


    MAIS UM PROJETO POLÊMICO pode ser votado no plenário da Câmara de Vereadores de Pilar do Sul, desta vez, terça-feira, 21/06. 

    O projeto de lei complementar 14/2022 tem autoria da Mesa Diretora da Casa composta por Silvio Yasuda, Vagner Batista, Claudia Barros e Eli de Góes, e visa alterar nomenclatura do cargo de motorista da Câmara de Vereadores para agente de transporte e apoio, e ampliar atribuições administrativas. 

    Outro ponto da matéria é conceder 10% no salário-base de todos servidores efetivos que tiverem curso Pós-graduação, Mestrado ou Doutorado. Atualmente um motorista da Câmara recebe R$ 1.900, essas alterações resultarão em aumento do salário dos motoristas, e demais servidores da Casa. 

    Três vereadores falaram com Sorocaba Notícia e expressaram opinião contrária ao projeto: Clayton Machado, Miguel Guedes e Luís Brisola, segundo eles não existe legalidade burocrática, lastro financeiro e constitucionalidade, outro ponto citado é que os motoristas já fazem os serviços administrativos. Claytom acrescentou: "Estão fazendo lobby político, querem pagar mais para os motoristas entregarem documentos e colher assinaturas? Não está claro. Porque não estão fazendo de maneira correta; todos merecem valorização".

    Aqui a notícia chega chegando!   

Um comentário:

  1. Aí está é a Cidade largada, não tem dinheiro para a manutenção dos bairros, uma vergonha política .

    ResponderExcluir