terça-feira, 2 de agosto de 2022

PIB da região de Sorocaba foi o que mais cresceu em todo Estado



    INDICADORES econômicos apresentaram números muito positivos referentes à Região Administrativa (RA) de Sorocaba, em levantamento feito pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade).

    O Produto Interno Bruto (PIB) da RA de Sorocaba foi o que mais cresceu em todo o Estado de São Paulo em 12 meses. O acumulado no período de abril de 2021 a março deste ano de 2022 apresenta alta de 9,4%, totalizando cerca R$ 140 bilhões. Com isso, a região lidera o ranking de alta do PIB, entre as 16 RAs estaduais, além da média do próprio Estado.

    Conforme o estudo, a RA de Sorocaba superou, inclusive, outras regiões importantes, como as de: Campinas (5,8%), Santos (7,4%), Marília (7,1%) e Bauru (7%) e São Paulo (3,6%). O PIB da RA de Sorocaba avançou 2,7% no primeiro trimestre de 2022 ante os três meses anteriores (outubro a dezembro de 2021), totalizando R$ 34,3 bilhões, referentes à soma de todos os bens e serviços produzidos.

    Os principais atores para esses índices tão positivos estão ligados aos setores da indústria, comércio e serviços. Em evento realizado, na última quinta-feira, 28/07, na Associação Comercial de Sorocaba (ACSO), que reuniu diversas autoridades, entre elas o prefeito Rodrigo Manga, foram abordadas estratégias para otimizar a economia dos municípios de São Paulo e do estado como um todo, além de análises da retomada econômica pós-período pandêmico.

    “Sorocaba, junto com as demais cidades da região, vem aproveitando as oportunidades de investimentos e impulsionando a economia, tanto no estado, como no País. Isso se dá, dentre outros fatores, pelo trabalho conjunto do Poder Público com a iniciativa privada, o que culmina no crescimento do PIB, com excelentes resultados”, destacou o prefeito Rodrigo Manga.

    Também presente no encontro, o diretor titular do CIESP Sorocaba, Erly Domingues de Syllos, pontuou sobre o papel das indústrias nesse cenário tão animador. “Estamos avançando, cada vez mais, nos índices econômicos. No ano passado, nossa região teve 9,7% de alta no PIB, superando a China, por exemplo, que registrou cerca de 6% de crescimento. Isso se dá, dentre outros, pela facilidade que os empresários vêm tendo para poder investir na cidade. Consequentemente, com mais empregos gerados, movimenta a economia, melhora a arrecadação e resulta na entrega de mais qualidade na saúde, educação e segurança à população”, afirmou.

    O presidente da Associação Comercial de Sorocaba, Hygor Duarte, ressaltou sobre a contribuição do setor de comércio e serviços nos bons resultados de Sorocaba e região. “Hoje, vivemos um momento de retomada, em que, sem dúvida, o desejo por consumo favorece o comerciante e a tendência é melhorar ainda mais”, diz. “O Dia dos Pais se aproxima e nossas pesquisas mostram, por exemplo, que em torno de 65% dos consumidores já se decidiram pela compra. Esse percentual é maior do que em 2021 e mostra que o desejo do consumidor de presentear está preservado e é esse desejo que fará nossa economia circular”, projeta.

    A região conta com diversos atrativos para receber novos investimentos, tanto no comércio e serviços, como na indústria. Sorocaba, por exemplo, possui ótima localização, próximo a alguns dos principais centros consumidores do Brasil e localizada no eixo de duas das principais rodovias do Estado de São Paulo, Castello Branco e Raposo Tavares. Além disso, para realizar as instalações no município, as empresas fazem minuciosa pesquisa de mercado e identificam o grande potencial de consumo, não apenas da cidade, mas também de toda a região.

    Outro motivo para novos investimentos em Sorocaba é referente aos diversos programas de apoio, com uma política diferenciada de desburocratização e incentivos fiscais, bem como pela segurança jurídica e assessoria permanente que é oferecida aos investidores, passando pelo pleno andamento de suas atividades empresariais até o pós-operação.

    Por fim, Sorocaba, sendo a sede da Região Metropolitana, apresenta muitos atrativos para a vinda de novas empresas, como a mobilidade urbana, a política de logística planejada, infraestrutura de água, saneamento básico, energia, gás natural, conexão em fibra ótica, além da qualificação na mão de obra. Isso tudo contribui para novas oportunidades e, consequentemente, uma melhora significativa no consumo, impulsionando números cada vez mais positivos no PIB.

    Reproduzido da Prefeitura de Sorocaba

    

Nenhum comentário:

Postar um comentário